Brinquedos e filmes eróticos para uma sexualidade mais empoderada

A empresária e influencer Maísa Pacheco fala sobre a importância de a mulher chegar ao clímax
empoderamento sexual

Foto: Pexels

Por mais que a luta das mulheres por igualdade já tenha avançado muito, falar de sexo e orgasmo feminino, ainda hoje, é um tabu. Não temos a mesma tranquilidade que os homens para discutir certos assintos e conversar sobre sexualidade com tranquilidade.

Já durante a relação sexual muitas mulheres têm dificuldade a chegar em um orgasmo. Seja por dor, dificuldades para se excitar ou a falta de vontade, devido a problemas físicos e/ou psicológicos. Outras mulheres, nunca chegaram a um orgasmo.


As mulheres costumam fingir o orgasmo, seja para agradar o parceiro ou por medo de ter o relacionamento ameaçado. O que não é saudável. Já em outros casos são as mulheres que buscam inovar, seja com brinquedos ou filmes eróticos.

Acessórios no sexo

 
empoderamento sexual

Foto: Reprodução

Segundo uma pesquisa, 80% das mulheres se revelaram dispostas a pensar em formas originais de seduzir o parceiro. De pele perfumada a uma fantasia, um vibrador ou óleos de massagem a ideia é sair da rotina. Apesar de muitos homens se sentirem ameaçados com o uso de acessórios.

Segundo Maísa Pacheco, dona de um Sex Shop que também leva seu nome, e autora do livro "Bastidores de um Sex Shop" a preocupação é desnecessária “Mal sabem que todos os acessórios podem ser grandes aliados”, a especialista ainda indica “Nós sempre indicamos vibradores clitorianos, pois são facilitadores do orgasmo feminino. Além dos géis que tem componentes excitantes e nos ajudam a chegar no clímax. ” 

Sexo sem preconceito: filmes eróticos sem tabu!

empoderamento sexual

Foto: Pexels

Apesar de cerca de 83% de clientes de Sex Shop serem mulheres, a busca delas pelo prazer não se limita a produtos. As mulheres têm desbravado o campo da pornografia de forma cada vez mais desinibida. As brasileiras inclusive, são campeãs de acesso. O consumo é tamanho, que as mulheres querem ser representadas. Nos últimos tempos, a indústria feminista vem ampliando cada vez mais seu espaço no mercado de filmes adultos.

No lugar de corpos necessariamente curvilíneos e esculturais, físicos imperfeitos. No lugar do sexo sem propósito e do prazer invariavelmente encenado, o realismo. E, sobretudo, no lugar do homem controlador e da mulher obrigatoriamente servil, o protagonismo feminino.

Mas é preciso entender, que tudo isso não é uma ameaça e sim um complemento. Acomodação, preconceito e insegurança seriam outras barreiras sexuais envolvidas. Maísa Pacheco fala da importância de quebrar barreiras “É extremamente importante desmistificar certas crenças limitantes, como essa visão de que a mulher não gosta de sexo, ou que é impossível chegar a um orgasmo”, conclui.

Os efeitos dos orgasmos para saúde

empoderamento sexual

Foto: Pexels

O orgasmo traz diversos benefícios a saúde. A principal característica do orgasmo é uma contração seguida de um intenso relaxamento. Essa individualidade resulta no alivio das tensões musculares. Segundo estudos do The Journal nosso cérebro libera endorfinas e oxitocinas em quantidades até cinco vezes maiores do que em situações normais. Essas substâncias são hormônios responsáveis pelo controle da dor, muito similares à morfina.

Pesquisadores da Universidade de Campinas constataram que o orgasmo, também ativa neurotransmissores que fazem o cérebro e o organismo funcionarem melhor, interferindo diretamente na qualidade do nosso sono. Estes benefícios se estendem e proporcionam ótimas noites de sono todos os dias. Além de diminuir o estresse e fortalecer a imunidade. Ou seja, o orgasmo pode ser sim, sinônimo de longevidade.

Informações da fonte:

Maísa Pacheco - Sex Shop 

Endereço: R. da Consolação, 2504 - Consolação, São Paulo – SP

Horário: Das 10h a 00h

Telefone: (11) 3257-6303

Instagram: @amaisapacheco

Comente