Após incêndio, Museu Nacional fica destruído - Veja a repercussão

Mais de 200 anos de história do país foram queimados. #LutoMuseuNacional
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
incêndio Museu Nacional

Foto: Reprodução/Mauro Pimentel/AFP

Neste domingo, o país perdeu parte da sua história guardada no Museu Nacional, no Rio de Janeiro. Os bombeiros levaram seis horas para conter as chamas no mais antigo museu do Brasil, que tinha 20 milhões de itens e apresentava problemas de manutenção.

Como já falamos aqui no VilaMulher, o Brasil vem assistindo grandes incêndios que consumiram prédios que guardavam acervo com valor artístico, histórico e científico. Nos últimos oito anos já se foram o Teatro Cultura Artística (2008), Instituto Butantan (2010),  Memorial da América Latina (2013), Museu de Ciências Naturais da PUC de Minas Gerais (2013), Centro Cultural Liceu de Artes e Ofícios (2014), Museu da Língua Portuguesa (2015) e a Cinemateca Brasileira (2016).


O Museu Nacional foi fundado por Dom João 6º em 1818. Em 1892 passou para o endereço atual, o Palácio de São Cristóvão, que serviu de residência à família real portuguesa ao longo do século 19. Em 1946, passou a ser vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - hoje abrigava seis cursos de pós-graduação, entre eles os de Antropologia Social, Arqueologia e Zoologia. "A perda maior de todas são as grandes relíquias antigas. Coisas que não existem mais", diz o professor.

De acordo com o vice-diretor da instituição, Luiz Fernando Dias Duarte, em entrevista à GloboNews, mais de 200 anos de história do país foram queimados. O país está em luto. Foi neste lugar que D. Leopoldina assinou a ata da reunião que propiciou nossa independência, no dia 02 de setembro 1822. Coincidência terrivelmente simbólica!

Leia nota divulgada Palácio do Planalto:

“Incalculável para o Brasil a perda do acervo do Museu Nacional. Hoje é um dia trágico para a museologia de nosso país. Foram perdidos duzentos anos de trabalho, pesquisa e conhecimento. O valor para nossa história não se pode mensurar, pelos danos ao prédio que abrigou a família real durante o Império. É um dia triste para todos brasileiros.

Presidente Michel Temer”.

Opinião dos internautas e repercussão

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente