Você sabe tudo sobre métodos contraceptivos? Faça o teste!

Você sabe tudo sobre métodos contraceptivos Faça o

Para as mulheres que não planejam ter filhos por ora ou, principalmente, para aquelas que não cogitam a possibilidade de tê-los, não basta saber apenas da existência dos métodos contraceptivos é preciso conhecer e, mais do que isso, saber optar pela melhor pílula se adapta ao seu corpo. Cá entre nós: uma tarefa não muito simples.

No mercado não faltam opções na hora de se proteger contra uma gravidez indesejada: hormônios injetáveis, implantes, DIU, adesivos, anel vaginal, esterilização cirúrgica (laqueadura) e, o mais conhecido de todos, a pílula anticoncepcional. Mas, será que você sabe tudo sobre métodos contraceptivos para fazer a sua escolha de forma segura?

De acordo com o ginecologista e professor titular de ginecologia do departamento de tocoginecologia da Unicamp, Luis Bahamondes, para se precaver com responsabilidade é necessário entender como os métodos contraceptivos funcionam, respeitar as recomendações de uso e, principalmente, saber o que pode interferir na eficácia do produto. "Conhecer as características de cada alternativa ajuda na hora da escolha", afirma o especialista.

Não está preparada para surpresas inesperadas? Teste seus conhecimentos sobre métodos contraceptivos e descubra se você realmente está protegida de uma gravidez não planejada.

Você sabe identificar quais mulheres podem utilizar a tabelinha - método que consiste na abstinência sexual do casal durante o período fértil da mulher - como método contraceptivo?

a) Apenas mulheres com ciclo menstrual regular poderão utilizar a tabelinha com a orientação e ajuda de um especialista

b) Apenas mulheres com mais de 25 anos poderão utilizar a tabelinha como método contraceptivo, já que exige muita responsabilidade

A pílula do dia seguinte pode ser utilizada com eficácia quanto tempo após a relação sexual?

a) Até 72h - 3 dias

b) Até 96h - 4 dias

É necessário fazer uma pausa no uso da pílula anticoncepcional de tempos em tempos?

a) Não

b) Sim

O uso de alguns antibióticos pode interferir no efeito do anticoncepcional hormonal - pílula ou injetável. Mito ou verdade?

a) Verdade

b) Mito

Pílulas com baixa dosagem hormonal apresentam maior índice de falhas, o que pode provocar uma gravidez indesejada. Mito ou verdade?

a) Mito

b) Verdade

Qual o local adequado para aplicação do adesivo contraceptivo?

a) Braços, nádegas, parte superior do tronco ou abdômen

b) Em qualquer parte do corpo feminino

Há algum problema em atrasar a aplicação do anticoncepcional injetável em alguns dias?

a) Sim

b) Não

A camisinha masculina é muito conhecida, mas você saberia identificar vantagens da camisinha feminina?

a) Pode ser colocada até oito horas antes da relação sexual. Além disso, assim como a camisinha masculina, este método impede a transmissão das DSTs

b) É confortável, de fácil colocação no corpo e adaptação

Mulheres que não queiram utilizar métodos contraceptivos hormonais têm como alternativa quais das opções abaixo?

a) Espermicidas, esponjas, DIU ou diafragma

b) Anel vaginal ou adesivo cutâneo

A laqueadura tubária é um método cirúrgico definitivo que evita a gravidez. Você conhece as regras para realiza-la no Brasil?

a) A laqueadura pode ser feita apenas em mulheres com mais de 25 anos, com dois filhos vivos ou em situação de risco à vida ou à saúde da mulher ou do bebê

b) O processo cirúrgico definitivo pode ser feito em mulheres de qualquer idade, que já tenham filhos, e morem em regiões onde há um crescimento populacional desenfreado

Resultados:

Se a maioria das suas respostas foi A, parabéns! Você está atenta ao seu corpo, seu ciclo menstrual e sabe como se proteger de uma gravidez indesejada. Além disso, reconhece atitudes que podem interferir negativamente na eficácia de seu tratamento e age com cautela. "Mantenha-se informada e sempre que surgirem dúvidas ou vontade de trocar o método contraceptivo converse com seu médico e lembre-se de não tomar medicamentos sem a orientação do especialista", aconselha Bahamondes.

Se a maioria das suas respostas foi B, atenção! Informe-se, é muito importante conhecer os métodos contraceptivos disponíveis no mercado e utiliza-los com responsabilidade, afinal a gestação fora de hora pode atrapalhar o planejamento familiar. "Escolha um método com o qual você se adapte e evite hábitos que comprometam a eficácia do tratamento, como atrasar a aplicação do anticoncepcional injetável", alerta. Procure conversar com seu médico para que ele possa orientá-la, o especialista esclarecerá suas dúvidas e indicará a opção mais adequada ao seu corpo. Lembre-se de nunca tomar medicamentos sem orientação médica.

Por Paula Perdiz

Comente