Vaginoplastia, a cirurgia da intimidade

Orquídea

A vaginoplastia, também conhecida como a cirurgia da intimidade, corrige os "defeitos" provocados durante o parto, estreita o canal vaginal e sua musculatura. O procedimento é muito procurado por mulheres que não se sentem confortáveis com a aparência dos seus genitais.

A ginecologista Sandra Regina, do Rio de Janeiro, trabalha há 23 anos com a cirurgia da intimidade e conta que uma paciente de 16 anos tinha vergonha de tirar a roupa por ter lábios vaginais grandes. Após a operação, a auto-estima da jovem mudou.

De acordo com a Dra. Sandra, a cirurgia pode ser realizada quando a paciente apresenta restrição nos seguintes pontos:

- Rejuvenescimento vaginal, devido à idade, partos, etc.

- Mulheres que têm perda de urina;

- Pacientes com lábios vaginais grandes.

Pouco se fala sobre esse procedimento, mas ele é mais simples do que se imagina, no entanto antes da decisão é necessário conversar com o seu ginecologista e avaliar muito bem a necessidade da intervenção. "Não é um procedimento cirúrgico e sim ambulatorial, que dura em média uma hora. A paciente vai para casa em seguida e, em dois ou três dias, já pode voltar ao trabalho", explica a especialista.

Após a cirurgia, é necessário esperar de 35 a 40 dias para ter relações sexuais.

Geralmente, não é necessário dar pontos. Isso só costuma acontecer em casos de redução dos lábios vaginais e eles são absorvidos pelo próprio corpo.

Segundo Sandra Regina, "o custo da operação é de R$ 1.000 a R$ 1.300", mas pode ser coberta por plano médico.

Fonte - MBPress

Comente

Assuntos relacionados: sexualidade parto vaginoplastia