Sexóloga dá dicas para falar de sexo com os filhos sem tabu

Dicas para lidar com crianças, pré adolescentes e adolescentes quando assunto é sexo. Como abordar? Que exemplo podemos dar?
sexualidade tabu pais

Foto: Tan Danh/ Pexels

Você, como pai ou mãe já teve dificuldade de falar sobre sexo com seus filhos? Se a sua resposta é “SIM”, acredite: esta dificuldade não é só sua. De acordo com Selena Rocha, psicóloga, sexóga e professora universitária do Centro Universitário Celso Lisboa, a dificuldade de diálogo dos pais acerca do assunto pode estar atrelada a dois fatores: às nossas próprias dificuldades pessoais e ao medo de despertar possíveis problemas.

Apesar do desconforto, provavelmente proveniente de uma falta de educação sexual na própria criação dos pais, é extremamente recomendado falar com os filhos sobre afetividade e intimidade com naturalidade, inclusive desde a infância. “ Será muito difícil para o seu filho adolescente perguntar sobre as mudanças que estão ocorrendo com ele ou dividir o medo de beijar pela primeira vez, por exemplo, se ele foi reprimido quando criança ou não vê nenhuma expressão de sexualidade dos próprios pais”, explica a sexóloga ao Vila Mulher.  

Para te ajudar nesta missão, Selena Rocha pontuou quais comportamentos sexuais são esperados na infância e na adolescência. Com dicas para lidar com os filhos nestas duas fases. Confira: 

Comportamentos Sexuais esperados na Infância

  • Exploração oral;
  • Exploração das partes do corpo;
  • Reconhecimento das  diferenças sexuais;
  • Exibicionismo;
  • Automanipulação;
  • Perguntas sobre sexualidade.
  • Dicas para educação sexual de crianças 

    Nada de apelidinhos:

    Ensine o uso  correto de nomes  para todas as  partes do corpo;

    Não trate sexo como tabu:

    Reaja com tranquilidade a qualquer  manipulação   genital, ao uso de  palavras relacionadas a  sexo e às relações sexuais;

    Nada de aulas sobre o assunto!

    Responder as perguntas sobre  sexo, corpo ou às relações sexuais  apenas o que foi perguntado. 

    Seja aberto ao assunto:

    Permitir que a criança pergunte sobre sexo e divida  suas descobertas.

    Comportamentos Sexuais esperados na Pré-Adolescência e Adolescência

  • Interesse nas Mudanças físicas característicos da puberdade (polução noturna, menstruação e ejaculação);
  • Aumento do interesse sexual;
  • Instabilidade no humor;
  • Necessidade de experimentar e arriscar;
  • Sentimento de invulnerabilidade;
  • Fertilidade.
  • Dicas para educação sexual de filhos adolescentes:

    Leia sobre sexualidade

    É importante que os pais conversem com seus filhos sobre sexo e sexualidade. Não indique ou compre um livro para ele.Leia você e converse com ele. Se você agir assim, ele entenderá que este assunto é proibido entre vocês!

    Tenha consciência da sua própria sexualidade (mitos, tabus, crendices e/ou repressões sexuais; preconceitos, discriminações e estereótipos sexuais); Pense no que precisa melhorar em termos sexuais, para poder conversar sobre o assunto com seu filho.

    Expresse afeto em casa

    É importante demonstrar respeito e amor com o seu parceiro (a). Isto porque o relacionamento dos pais serve como exemplo de modelo de amor (afetivo-sexual). Pense em como você age. “Eu beijo? Abraço? Sento no sofá de mãos dadas?  Se eu não demonstro para os meus filhos que os pais deles são amorosos o que eles irão aprender sobre as relações de casal? E como eles irão perguntar alguma coisa sobre sexo para estes pais? 

    Comente