Sexo oral: mulheres são mais propensas a fazer

Mulheres são mais propensas a fazer sexo oral, mesmo contra a vontade
sexo oral

Foto - Reprodução

Como toda carícia sexual, o sexo oral é uma prática prazerosa e que requer certa reciprocidade do casal. Afinal de contas, diz o ditado que é dando que recebe. Contudo, um estudo divulgado recentemente pela revista “Journal of Sex Research” revelou que mulheres jovens são mais propensas a fazer sexo oral em seus parceiros do que o contrário. O estudo,  realizado por pesquisadores da Universidade do Pacífico (EUA) e da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres também apontou que as mulheres praticam o ato sexual mesmo contra a vontade.


A pesquisa reuniu 71 jovens dos sexos feminino e masculino, heterossexuais e de idade entre 16 a 18 anos. Embora muitos entrevistados tenham afirmado que dar e receber sexo oral seria algo feito com igualdade de frequência, algumas questões abordadas durante a pesquisa indicaram que os homens, ao descreverem a genitália feminina, acabaram por fazer uso de uma linguagem negativa.  

Isso poderia indicar a falta de incentivo para  sexo oral na mulher. Alguns requisitos, inclusive, contribuem para essa rejeição, como o formato da genitália e o odor característico, que pode afugentar os rapazes.

Além disso, mulheres e homens concordaram que fazer sexo oral nas mulheres seria bem mais desagradável. Os resultados também apontaram que as jovens não sabem dizer "não" ao seu parceiro, praticando o ato mesmo que a vontade tenha passado bem longe! Os dados ainda revelaram que os homens recebem sexo oral “mais facilmente” do que as mulheres. Também, pudera!

Por Renata Branco

Comente

Assuntos relacionados: sexo oral sexo oral primeiro encontro sexo