Sexo ecológico? Saiba como preservar a natureza durante a transa

Cuidar da natureza nunca foi tão erótico! Saiba como fazer eco-sexo e pratique a sustentabilidade
eco-sexo, sexo ecológico

Apagar as luzes na hora H pode contribuir para economia de energia. Foto:iStock_kieferpix

Já pensou na quantidade de eletricidade e recursos naturais que você acaba usando no simples ato de fazer sexo? É fato que quase ninguém pensa no planeta na hora H, mas se pararmos para mensurar o quanto podemos preservar tomando algumas atitudes simples, como tomar banho juntos, podemos nos surpreender com os resultados positivos e sustentáveis a longo prazo. 


Duvida? Para provar que praticar a sustentabilidade pode ser - literalmente - uma atividade prazerosa, o Greenpeace México lançou o Guia Eco-Sexual. São dez dicas para proteger o planeta enquanto transamos, tudo sem deixar de lado a sensualidade e o romance.

Veja a seguir como fazer eco-sexo e aproveite o momento:

1. Desligue as luzes

Você pode fazer de tudo para reduzir as mudanças climáticas, uma realidade que acontece devido ao consumo de energia que favorece combustíveis como petróleo, carvão e gás. Por isso é importante estimular o uso de energias renováveis e limpas. Cada vez mais o uso da energia produzida pela queima dos combustíveis fósseis contribui para o aquecimento global. Se você reduzir o consumo de energia, a resposta é óbvia: redução das emissões de gases com efeito estufa na atmosfera. Vá para a cama e apague as luzes. As velas de cera e parafina, não aquelas lamparinas a base de óleo, podem ser muito românticas. Se você não gosta de fazer amor no escuro, então faça durante o dia.

2. Frutas orgânicas da paixão

Alguns frutos podem ser muito afrodisíacos, como o guaraná, morangos, amoras, framboesas, cerejas, e muitos outros. Por que então não comer orgânicos? Certifique-se que sejam livres de pesticidas e de que não tenham origem transgênica.

3. O amor a todo custo?

Ostras, mariscos, camarões e lagostas podem ser poderosos afrodisíacos, mas nossos oceanos estão sendo devastados, em uma série sem precedentes, para se conseguir esses frutos do mar. Você pode apoiar projetos sustentáveis nas comunidades pesqueiras, onde encontra esses produtos. Lembrem-se, as ostras são bio-monitores indicadores de poluição. Uma ostra limpa é uma boa ostra, mas certifique-se de que são provenientes de locais não contaminados.

4. Amor reciclado

Reutilize os recipientes de vários produtos embalados, para decorar o ambiente de forma sexy. Reaproveite as embalagens para guardar os produtos que utiliza com mais freqüência em seu quarto, como preservativos, lubrificantes, brinquedos, lingeries, e assim por diante.

eco-sexo, sexo ecológico

O eco-sexo tem tudo a ver com sustentabilidade e pode ser feito por qualquer um! Foto:iStock_g-stockstudio

5. Use eco-lubrificantes

Nada melhor do que a lubrificação natural. A língua será sempre uma boa ferramenta para isso, mas, se você precisar usar algum lubrificante, esqueça os fabricados a base de petróleo. Utilize os que são à base de água. Hoje existem muitas marcas, com diferentes sabores e aromas para o jogo sexual.

6. Escravos da paixão, e não das empresas petrolíferas

Se você gosta de emoções fortes, então talvez você já tentou usar um objeto, roupa ou acessório de cloreto de polivinil, mais conhecido como PVC ou vinil. O PVC produz algumas das substâncias químicas mais tóxicas que existem, como as dioxinas e furanos. A utilização deste material em brinquedos para crianças foi proibida em muitos países. O PVC em roupas e brinquedos do sexo também deve ser proibido, porque este componente é feito com cloro e outras substâncias que podem causar câncer, além de ser derivado do petróleo. Opte por acessórios feitos com substâncias naturais, tais como borracha, látex ou couro.

7. Tomem banho juntos

Se escolherem tomar banho juntos, vão economizar água e sabão. Hoje no mundo, mais de 500 milhões de pessoas não tem acesso a água potável e energia. Para eles, o que fazemos todos os dias é um luxo. Além do mais, estes pequenos grandes prazeres são sempre melhor quando compartilhados.

8. Cama sustentável

Provavelmente você tem um bom colchão, confortável e conveniente, mas você sabe de onde vem a madeira da cama? Verifique se o produto que você comprou possui o selo verde de madeira certificada e se foi extraída da floresta de modo sustentável.

9. Sexo Verde

Procure produtos orgânicos, como óleos de massagem naturais e lingeries ecológicos. Lembre-se que o processo de produção de algodão convencional e de seu branqueamento é um dos mais contaminantes que existem.

10. E por fim: Faça amor, não faça guerra.

Por Thamirys Teixeira

Comente