Pesquisas revelam perfil de quem trai

pesquisas sobre traição

Pesquisas e dados bem interessantes sobre traição e o jeitão de quem trai. Foto/© Dann Tardif/LWA/Corbis

Está aí algo a se pensar, qual o perfil e o que realmente pensa uma pessoa quem trai o parceiro. Uma coisa que, pelo que diz a sabedoria popular já aconteceu, ou vai acontecer com todo mundo. A traição é um assunto controverso desde a criação do mundo, e algumas características entre os traidores se assemelham. E estudos para isso não faltam.

A gente sabe que não dá pra se prevenir 100%, infelizmente, ninguém está livre disso. Temos uma infinidade de coisas interessantes sobre isso na literatura cientifica e nós filtramos alguns resultados que valem a pena saber.

Confira os nossos achados:

Mulheres estão traindo mais do que antes: segundo uma pesquisa finalizada em 2010, pela General Social Survey (GSS) uma pesquisa que vem sendo feita há 4 décadas resultou num aumento de 40% das traições admitidas por elas.

A traição de mulheres vem aumentando enquanto a dos homens parece ter se estabilizado, e ainda, no Brasil, o número de pessoas que admite ter traído seria maior que nos Estados Unidos. Ou seja, o brasileiro anda mais saidinho, ou melhor, sempre foi, ou então, é mais cara de pau mesmo.

Pulada de cerca é para transar mesmo: O site de relacionamento extraconjugal AshleyMadison.com apurou que o motivo da pulada de cerca é o sexo. A pergunta foi feita para os frequentadores do site, 7 mil pessoas responderam, e eis as respostas abaixo.

Dos que responderam a pesquisa, a desculpa mais usada para trair é a boa e velha, "vou chegar mais tarde por causa do trabalho", e tem mais, com os amantes os traidores costumam ter transar duas vezes (36%) enquanto com os cônjuges/companheiros apenas 1 vez (89%). E, além disso, foi eleita no site a melhor época do ano para trair - o inverno.

Traição de mulher com mulher dói menos: Um estudo da Universidade do Texas em Austin, liderado por Jaime Confer demonstrou que a chance de um homem perdoar uma traição da namorada é de 22%. Esse percentual aumenta para 50% se a traição for com outra mulher. As mulheres perdoariam a traição do companheiro com outro homem em 22%.

Mulheres tendem a transformar caso em namoro, já os homens...: Uma pesquisa feita em 2007 com universitários americanos apontou que as mulheres costumam transformam seus casos extraconjugais em namoro, já os homens traem porque a oportunidade surgiu.

Que as pesquisas continuem.


Por Giseli Miliozi

Comente

Assuntos relacionados: sexo traição