O poder das mulheres curvilíneas

O poder das mulheres curvilíneas

Christina Hendricks, a Joan Harris, do seriado 'Mad Men'. Foto/Reprodução AMC TV

Há quem diga que quem gosta de osso é cachorro e, dependendo das opiniões masculinas, a afirmação está corretíssima. Para provar a teoria, nós elegemos a personagem Joan Harris, do seriado ‘Mad Men’, interpretada pela atriz Christina Hendricks, que arrasa com suas curvas pra lá de sensuais, para estampar a matéria e mostrar que as mulheres curvilíneas são tão lindas e sexy quanto qualquer modelo por aí.

Seios fartos, bumbum empinado e cintura marcada são alguns dos elementos que roubam olhares e suspiros da ala masculina. Então, se você acha que a magrela aí do lado abala as estruturas, calma lá, provavelmente você está com uma visão distorcida de beleza.

Ok, sabemos que a influência das revistas de moda e beleza pesam na hora que nos olhamos no espelho, mas, reparem: as mulheres curvilíneas são muito mais sexy do que as magrinhas, com seios pequenos, nenhuma bunda e pernas finas. Ou seja, nada de deixar de comer aquele chocolate ou ficar horas a fio na academia, só porque acha que eles irão reparar mais em você.

Homem de verdade gosta de mulher ao natural, quando você está deitada na cama e bate a luz da manhã, ou naquela hora que podem fingir o sono só para admirar o seu striptease inverso enquanto você se arruma para o trabalho e, principalmente, podem admirar suas curvas sem o seu olhar de reprovação para aquela celulite que só você vê.

Por Paula Perdiz

Comente

Assuntos relacionados: comportamento corpo mulher sensualidade sexy