Mulheres mentem sobre sua vida sexual?

vidasexualmulheres

Foto - Shutterstock

Um grupo de mulheres, sentada numa mesa de bar, dando muitas risadas. A cena é bem comum de se ver por aí, isso quando você não faz parte dessa roda de amigas. E pode ter certeza que um dos assuntos ali é sexo. Pesquisas mostram que mulheres mentem mais sobre sexo do que os homens, mas será que isso se aplica para a frequência em que praticam sexo?

Para Anna Helena Bueno, a maioria das mulheres gosta de conversar sobre sexo. "Quando as amigas se juntam, não tem jeito, a pauta é sexo. Mas não acho que as mulheres mentem sobre a frequência de vezes que praticam sexo com seus parceiros, não. Acho que os homens mentem mais para os amigos. Somos mais abertas a ouvir opiniões, mesmo se a relação não está muito animada", comentar a radialista. Ela também confessa que nunca mentiu sobre o assunto e que fala abertamente sobre sua vida sexual com as amigas.

Ana acredita que essas conversas funcionam mais para trocar experiências do que contar vantagem sobre as outras mulheres, muito pelo contrário. "O que escuto é muita reclamação das que namoram ou são casadas de que estão transando pouco", revela.

Para Gabriela Silva*, as mulheres estão cada vez mais atrevidas quando falam sobre sexo. "Tem que falar mesmo, trocar experiências para o relacionamento não cair na rotina. Se não a frequência também vira zero". Para a administradora, uma frequência boa gira em torno de 3 vezes por semana, mas ela acredita que têm mulheres que mentem sobre isso, sim. "Cada uma tem um motivo para mentir sobre o assunto; algumas querem se sobressair, outras querem enaltecer o parceiro ou até camuflar uma crise", conta ela, que, inclusive, já mentiu sobre o assunto.

Já Julia Pereira* acha que as mulheres andam mais discretas quando o assunto é sexo e que os homens também mentem mais que as mulheres. "Tem aquele lance de se autoafirmar. Acho que as mulheres fazem isso apenas para outras mulheres, para aparentar que têm uma relação feliz, boa, de causar inveja...", conta ela. O tempo de namoro também influência na frequência com que transam. "No começo, qualquer 5 minutinhos sozinho em casa a gente fazia alguma coisa. Hoje não é tão frenético", conta ela, ao falar da relação com o parceiro.

A frequência com que você pratica sexo com seu parceiro pode sempre estar em pauta, mas leve em consideração a qualidade do sexo; às vezes é muito mais prazeroso uma única noite do que todas elas. Pense nisso.

*O nome foi alterado a pedido das entrevistadas.


Por Helena Dias

Comente

Assuntos relacionados: sexo mulheres