Mitos da sexualidade - notebook causa infertilidade?

Notebook no colo causa infertilidade

Foto Photostock Images/ http://bit.ly/I5iYyD

Volta e meia nos deparamos com pesquisas sobre sexo que nos deixam com uma pulga atrás da orelha. Algumas têm muito fundamento e rendem boas discussões e novos desdobramentos, mas outras chegam a causar espanto e até boas risadas.

Será mesmo que quanto mais o homem se masturba mais espinhas ele vai ter? E ao trabalhar com o notebook no colo, será que pode ficar impotente? Para saber se isso pode ser verdade, o Vila Mulher conversou com o ginecologista e obstetra Dr. Domingos Mantelli Borges Filho para descobrir as respostas. Veja:

O homem que apoia o notebook no colo pode ficar impotente?

Uma pesquisa realizada na Universidade de Loyola, nos Estados Unidos, associou a mania de se colocar o notebook no colo à infertilidade. É assim: os testículos produzem espermatozóides em sua capacidade plena quando estão a 35 ºC. Mas se homem coloca em seu colo um aparelho que gere calor, ele irá aumentar esta temperatura, o que pode comprometer a produção e o desenvolvimento dos espermatozóides e dificultar um futuro processo reprodutivo.

Segundo o ginecologista e obstetra Dr. Domingos Mantelli Borges Filho, isso é puro mito. "O que sabemos é que um aumento da temperatura na bolsa escrotal pode levar a uma infertilidade, como é o caso das varicoceles (formação de varizes nas veias da região do escroto), que elevam a temperatura dos testículos. Porém, com o notebook, este aumento de temperatura é temporário e, portanto, não deixa sequelas e muito menos leva à impotência", explica.

Andar de bicicleta pode prejudicar os órgãos sexuais?

Um estudo feito pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos, revelou que andar de bicicleta pode comprometer a saúde sexual de homens e mulheres. O problema se deve ao selim, que pode causar falta de sensibilidade e até impotência.

Porém, mesmo com a pesquisa, Dr. Domingos acredita que a coisa não é bem assim. "Não há motivos para se dizer uma coisa dessas se não houver um trauma local que justifique."

Esperma é nutritivo? Engorda?

No início de 2009, o cirurgião colombiano Martín Carrillo, especialista em medicina estética, lançou um creme manipulado à base de sêmen durante a Semana de Beleza e Saúde de Bogotá, na Colômbia. O produto, de cor branca e textura espessa, tinha como função rejuvenescer a pele. Isso porque o sêmen possui propriedades adstringentes, reabilitadoras e antioxidantes, capazes de suavizar linhas de expressão.


O próprio médico disse que, para desenvolver o produto, se baseou numa antiga tradição egípcia, conhecida como Papiro de Ebers, seguida por Cleópatra. Logo, o segredo da beleza da rainha egípcia estava no sêmen que ela aplicava no rosto.

Dr. Domingos explica que, de fato, o sêmen é rico em muitas substâncias que mantêm os espermatozóides vivos e ativos, como algumas enzimas e proteínas. E comenta: "A frutose é uma dessas substâncias, que tem um valor calórico relativamente alto. Mas daí dizer que o esperma nutre ou engorda, já é um exagero!"

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente