Frequência sexual: será que existe uma quantidade certa?

Frequência sexual será que existe uma quantidade c

Foto: Jerry Tobias/Corbis

O fantasma da frequência sexual é uma preocupação corriqueira entre os casais quando reparam que, após um período de relacionamento, a quantidade que fazem de sexo já não é a mesma de antes. Mais do que a qualidade do ato, o que se costuma avaliar é a quantidade, afinal, aquela sua amiga consegue trabalhar tanto ou mais que você, frequentar academia, estar com as unhas sempre impecáveis e, ainda por cima, tem uma vida sexual apimentadíssima.

Você está se perguntando: ‘como?’. Muita calma, vilamigas, no papo entre amigas o quesito qualidade dificilmente será avaliado, já que contabilizar o número de vezes do ato sexual - mesmo que você não chegue ao ápice - é muito mais fácil. Mas, será que há um número ideal para um casal transar? Ou será que o sexo é supervalorizado em qualquer etapa da vida?

É importante lembrar que a frequência sexual não deve se ajustar às estatísticas, mas sim às necessidades do casal. Segundo o urologista e especialista em medicina sexual, Eduardo Bertero, o sexo não é ensinado como uma ciência exata, cada pessoa é única e como tal tem suas preferências individuais durante um relacionamento íntimo. "Cabe ao casal descobrir estas variações e deixar que o tempo se encarregue de trazer a experiência necessária, que tornará a relação cada vez mais satisfatória", comenta.

Ou seja, aquela história de ‘quanto mais melhor’, nem sempre é verdade. E para você, existe uma quantidade certa para manter a satisfação sexual?

Turbine a sua vida sexual

- Tome um banho gostoso com o gato e, na sequência, peça ajuda para passar o hidratante. Aposto que ele vai adorar ficar te acariciando, sem falar que o ato relaxa e anima para o sexo.

- Não espere o cansaço bater para deitar. Ficar deitadinho ao lado do maridão sem sono é uma ótima tática para esquentar o clima. Passe as pernas sobre as pernas dele, converse e dê risada, com o clima descontraído a possibilidade de rolar algo é quase certa.

- Explore a sensualidade um do outro, seja com ajuda de acessórios, como joguinhos sensuais ou camisinhas com sabor e texturas diferentes.

- O flerte sempre renova o clima de erotismo e desejo em alta, por isso, convide-o para fazer um programa que costumavam fazer na época do namoro, um cineminha, jantar e motel, por exemplo.

Por Paula Perdiz

Comente