Evento online ajuda no autoconhecimento e sensualidade feminina

Promovida pela especialista em sexualidade Cátia Damasceno, Semana da Mulher Bem Resolvida ocorre de 3 a 13 de outubro com vídeos gratuitos

Já pensou em aprender mais sobre suas preferências sexuais e com isso fazer milagres na hora do sexo? Esta é uma das propostas incríveis da Semana da Mulher Resolvida, um evento gratuito que oferece transformações na vida das mulheres.

De 3 a 13 de outubro, as mulheres do Brasil – e de qualquer parte do mundo – terão acesso a vídeos com o conteúdo da especialista Cátia Damasceno, criadora deste movimento que ajuda as mulheres na elevação de sua autoestima.


O projeto foi criado por Cátia para oferecer mudanças ainda maiores ao seu público. “Quero ajudar a desenvolver a vida das mulheres através do autoconhecimento, da sexualidade, sensualidade e autoestima, de forma que elas possam construir relacionamentos duradouros nas mais diversas áreas da vida”, detalha, reforçando o sonho de fazer com que mais mulheres possam viver a transformação que ela viveu, mas com menos obstáculos e mais rapidez.

Fisioterapeuta com especialização em Uroginecologia, Cátia Damasceno é coach de relacionamento e trabalha há 11 anos na área da saúde, além de atuar como palestrante e participar de diversos programas de TV. Totalmente voltada a melhorar a autoestima de suas alunas por meio do trabalho com sexualidade, a especialista idealizou um programa gratuito, no qual ensinará todas as interessadas a melhorarem a autoconfiança no relacionamento; a sensualidade em relação ao parceiro; e a intensidade dos relacionamentos íntimos. “A Semana da Mulher Bem Resolvida é voltada para todos os tipos de mulheres, para que possam descobrir o que têm de melhor, tornando-se mais realizadas e felizes”, explica Cátia, que realiza o evento pela segunda vez. As participantes poderão aprender a lidar com os desafios do amor no mundo contemporâneo, seja para apimentar a relação ou para melhorar um relacionamento que não está em bons momentos.

Esta é a última edição da Semana da Mulher Bem Resolvida no ano e tem número de inscrições limitadas. Para se inscrever, basta acessar o site oficial.

Garantia de bons resultados e experiências

Na edição anterior, realizada em maio deste ano, houve a participação de mais de 200 mil mulheres. Além disso, existem resultados imensuráveis. “Muitas mulheres relatam a maneira como reacenderam a chama da paixão em seus relacionamentos, e comentam sobre as transformações em suas vidas”, conta Cátia.

Além disso, em pesquisa com 25 mil destas participantes, Cátia concluiu que existe uma total falta de informação ou excesso de informação ruim e que as mulheres ficam reféns disso. “Por isso, durante essa semana vou ensinar de forma simples, rápida e eficiente a passar por todos esses desafios e construir uma relação plena e feliz consigo mesma e isso refletirá”, completa.

Idealizadora do Programa Mulheres Bem Resolvidas, que visa transformar os relacionamentos a partir do conhecimento de questões ligadas à sexualidade, Cátia Damasceno se tornou uma mulher bem resolvida, mesmo tendo vivido, ao longo de muitos anos, em um ambiente extremamente conservador. “Eu sei o que é ter baixa autoestima em um relacionamento”, relata a especialista, que deu a volta por cima e seguiu um caminho de transformações que hoje transfere, com muito bom humor, a tantas outras. “Melhorias nas questões sexuais são capazes de exercer uma grande influência sobre a felicidade da mulher, pois este tema central faz com que ela olhe para si mesma e observe diversas outras áreas da sua vida que precisam de mudanças, promovendo uma melhora muito mais ampla”. Cátia finaliza reforçando que há um mito de que o amor de um casal supera qualquer dificuldade. “Não é o amor que sustenta o relacionamento, o jeito de se relacionar é que sustenta o amor”, conclui.

Serviço:

Semana da Mulher ResolvidaAulas 100% onlineData: 3 a 13 de outubro

Inscrições gratuitas e limitadas: http://www.semanadamulherbemresolvida.com.br/.

Comente

Assuntos relacionados: sexo autoconhecimento sexualidade sedução