Erótika Fair para elas

Erótika Fair para elas

Divulgação

Acaba nesta segunda-feira (12), a 15ª edição da maior feira voltada ao erotismo da América Latina. E o evento, que acontece em São Paulo, inova trazendo produtos especiais, voltados às mulheres.

Uma das novidades dessa edição, que ainda mantém a divisão em dois pavilhões - Erótika Business, para os expositores, e o Erótika Hot, com shows e brincadeiras - é a apresentação de produtos de luxo para o mundo erotizado.

Glaucia Pelaquin e Valéria Dilella, que dirigem a importadora Uniqua, são responsáveis por algumas inovações que agradaram a mulherada. "Apresentamos produtos eróticos de luxo com revestimentos delicados, design inovador, tecnicamente superiores e embalados como joias".

Entre os mimos estão um patinho de borracha luxuoso, com direito a pluma e cristal, que serve de massageador. Como é à prova d’água, pode ser usado para "aumentar a temperatura" no chuveiro ou banheira. Os vibradores da marca "Lelo" também são novidades. Suecos, eles vêm em embalagem especial, mas o verdadeiro diferencial é o fato de não serem à pilha. Recarregados, têm de 5 a 6 horas de duração. "O modelo ‘Gigi’ é curvado, para estimular melhor o ponto G, e tem diversas pulsações, baixas, leves ou intensas em ritmos diferentes", explica Valéria.

O modelo ‘Ice’, que tem formato de ovinho, é super novidade na Europa e logo deve estar também no Brasil. Ele tem uma parte transparente, oca, que pode ser preenchida com água. Aí, é só colocar no freezer e esperar. Depois, o motorzinho vai vibrar, sem quebrar o gelo formado. "É ideal para preliminares, para brincar com a vibração e com a temperatura", sugere a empresária.

Os vibradores menores, que cabem na bolsa e mais parecem vidros de perfume, devem encantar as mulheres. O "Onye", da "Big Teaze Toys", é um minivibrador que engana direitinho. Já o modelo pequenininho da "Lelo" serve mais de massageador, mas como tem uma curva sugestiva, pode ser usado para estimular o clitóris. O mimo pode ser emborrachado ou porcelanado. A bolinha "Tuyo", que é também massageadora, esquenta o ‘antes’ e ajuda a relaxar no ‘depois’.

Para quem quer um modelo menos luxuoso e mais tradicional, o "Perfection" pode ser uma boa opção. Também vem numa embalagem especial, que funciona de carregador. O diferencial dele foge do visual. É técnico! "Esse modelo vibra em três pontos diferentes. Na cabeça e no corpo do pênis e também no ‘rabbit’. Tudo para enlouquecer mesmo", diz Valéria.

[galeria]

Lingeries e fantasias

Ainda para as mulheres, a Erótika Fair apresenta muitos lojistas com lingeries e fantasias para noites românticas, de marcas como "By Sex Lingerie", "Garota Veneno" e "Daiany Lingerie". Com as peças da nova coleção de verão 2010, a "Daspu" veio do Rio de Janeiro pela terceira vez para participar da feira. A "Ecity", indústria cosmética de Divinópolis, Minas Gerais, também lançou lingeries e fantasias. A "Prazer e Cia" apresnetou as próteses com mais de 60 modelos e 12 diferentes cores e tamanhos.

O estande da "Le Fetiche Produções", criado em parceria com o fotógrafo Thiago Marzano, foi criado para atrair olhares. "Exploramos o desejo, a sensualidade e respeitamos os limites de cada um, além de aproximar ainda mais os adeptos fetichistas, buscando novos seguidores e apreciadores. Com o objetivo de vencer barreiras, trazemos um conteúdo de qualidade para todos os públicos" diz Abel Amaral, da produtora.


Na feira ainda foi lançado o "Guia de Negócios Sex Shop", que além de trazer toda a história do mercado erótico brasileiro é um manual de como abrir uma loja. As informações vão desde a escolha do ponto de venda até a escolha do mix de produtos, guia de fornecedores, técnicas para atendimento, marketing, decoração, vitrinismo e controle de caixa.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente