Ejaculação retardada: o que é e por que acontece?

ejaculação retardada

Foto - Shutterstock

A ejaculação retardada acontece quando o homem demora muito para conseguir chegar ao ápice da relação sexual, ou seja, demora muito para ejacular. Trata-se de uma disfunção e que deve ser tratada com um urologista.

Ela acontece por dois fatores: físicos e psicológicos. No âmbito mental, o homem pode não estar atraído o suficiente pela parceira, sofrer de estresse ou ter um trauma sexual. Já os fatores físicos que podem resultar na ejaculação retardada são: ansiedade, lesões na medula espinhal, baixos níveis de testosterona, uso de medicações, álcool em excesso, ou problemas neurológicos.

O tratamento para a ejaculação retardada se dá de acordo com o grau da disfunção. Em situações leves, a terapia de casal ou individual ajuda a melhorar o problema. Em casos mais graves - quando não acontece em situações específicas - o acompanhamento médico, junto ao psicológico ajudará a minimizar o problema. Vale lembrar que não existe medicações que acelerem a ejaculação masculina.

Ainda não existe um estudo que comprove a popularidade da ejaculação retardada, portanto, não pode-se dizer se é tão comum quanto se imagina. Isso porque os homens não procuram os urologistas com frequência. Para se ter uma ideia, de acordo com o site do urologista Paulo de Almeida Rocha, apenas 30% dos homens procuram ajuda médica sobre o desempenho sexual ou temas relacionados.

Alem da ejaculação retardada, o homem também pode ter a precoce (quando ejacula antes do esperado) e a retrógrada (quando o esperma não é expelido pela uretra, indo de encontro à bexiga). Ambos podem ter causas físicas e psicológicas, que devem ser consultadas por um médico.


Por Caroline Sarmento

Comente