De bem com o corpo na hora do sexo

Cada um de nós expressa a própria sexualidade de uma forma única. A nossa primeira preocupação para ter uma resposta sexual mais intensa e prazerosa é a identificação da nossa sexualidade e a melhor forma de expressá-la ao parceiro.

Conhecer cada centímetro do próprio corpo e estar confortável com ele (independente da ditadura da beleza, imposta pela mídia), é a primeira etapa para ser uma boa parceira sexual.

A maioria de nós se preocupa com o corpo. A forma como nos sentimos acerca de nós mesmos é algo que afeta crucialmente todos os aspectos da nossa experiência, desde a maneira como agimos no trabalho, no amor e no sexo. Estar de bem com o espelho, gostar do próprio corpo é importante para nós mulheres.

Portanto, disponha sempre de um tempo para si mesma, pelo menos uma hora do seu dia deve ser dedicada aos cuidados com você. Ao menos uma vez por mês, dedique um dia para se cuidar: vá ao cabeleireiro, faça uma drenagem linfática, cuide da pele, dos pés e da depilação, porque com isso você se renova e sente-se melhor.

As transformações devem vir de dentro de você, por escolha própria, e não por imposição de terceiros. Não mude porque o outro quer. MUDE POR VOCÊ!!! Um erro fatal é dizer a si mesma: “Quando eu tiver alguém, eu emagrecerei, eu me arrumarei, me cuidarei mais. Lembre-se de quanto o aspecto visual é importante para você se sentir segura. Convença-se de que se cuidar faz bem em primeiro lugar para você. Quando sua auto-estima está alta, você irradia essa sensação e nada melhor do que se olhar no espelho e gostar do que vê.

Fátima Mourah é “Personal Sexy Trainer”, professora de artes sensuais e autora dos livros “Sexo pra mulheres casadas” e “Sexo, amor e sedução”. Dá palestras e cursos de striptease, pompoarismo, pole dancing, como atingir o orgasmo e massagem erótica

Comente