Curiosidades sobre o vibrador

A História do Vibrador

O primeiro vibrador construído no século 19 para resolver um problemão das mulheres. Foto divulgação

Você sabia que o primeiro vibrador foi construído no século 19 e que era originalmente usado em tratamentos psiquiátricos, pois, "acalmava" as mulheres? Pois é. Prazer acalma e faz bem a qualquer pessoa. Antes ele era diagnosticado como histeria em pacientes mulheres, pois para a medicina da época somente elas que sofriam dessa "doença", que no fundo era apenas desejo sexual. O tratamento era feito com massagens aplicadas no clitóris, o que as deixavam a todas mais calmas por um tempo. Que coisa não? E assim nasceu o vibrador em formatos bem menos atrativos do que hoje.

O primeiro vibrador foi criado em 1869 e foi chamado de "The manipulator", bem sugestivo, não? O motivo foi que os consultórios dos médicos começaram a ficar lotados de mulheres procurando a deliciosa cura pelo orgasmo e então os médicos ficavam com os dedos cansados, daí criaram o aparelho. Não podemos nos esquecer de agradecer a esses homens, afinal, eles estavam certos sobre a cura, não acham?

Somente na década de 50 é que a teoria da tal doença foi descartada e perceberam que o vibrador terapêutico podia ser usado de formas bem menos terapêuticas. Eles começaram a aparecer nos filmes pornôs, e foi aí, que a coisa foi ficando cada vez melhor, até chegar aos produtos de hoje, que são tão lindos e úteis.

Hoje temos fabricantes conceituados que investem em pesquisas e materiais cada vez melhores e que proporcionam cada vez mais prazer e segurança "terapêutica" às mulheres.

A História do Vibrador

Vibrado da marca Lelo banhado a ouro, muito luxo e prazer. Foto divulgação

Por Giseli Miliozi

Comente