Cores certas para atrair o parceiro

Cores certas para atrair o parceiro

Basicamente cor significa luz, e como tal transmite vários tipos de estímulos em homens e mulheres. Pesquisadores, publicitários, arquitetos sabem muito bem qual importância ela representa. Tanto assim que na hora de pensar em um produto utilizam a psicologia das cores, seja para atrair um cliente ou estimular o consumo.

As cores também são usadas para aproximar, ou ainda seduzir o sexo oposto, e influenciam a forma como pensamos na sexualidade. Márcia Okida, designer gráfico e professora universitária, explica que em se tratando de sexo as cores vermelha e violeta são as mais importantes. "Enquanto o vermelho é considerada uma cor afrodisíaca feminina, ligada ao erotismo e atrai aos homens, o violeta tem a função contrária, de estimular as mulheres, e está ligado à sensualidade".

Conforme a professora, o simples fato de a mulher usar uma blusa vermelha, ou pintar os lábios e as unhas com essa cor é capaz de despertar o desejo masculino, mesmo que eles não gostem da cor. Trata-se de um estímulo fisiológico comprovado cientificamente "assim como quando você toma um choque, cada cor chega ao seu cérebro de várias formas e cria reações no seu corpo", detalha. Sem que eles percebam, um toque avermelhado, seja na roupa, no corpo ou no ambiente, pode ajudar, e muito, na hora da conquista.

O vermelho também é estimulante porque é associado psicologicamente a vários elementos sexuais. Não só os órgãos genitais, mas também o sangue que corre quando se está excitado. Ou ainda as extremidades do corpo avermelhadas, sinalizando que o coração pulsa mais rápido em razão do desejo, sem contar a aparência rubra que permanece em nosso rosto logo após o sexo, um detalhe importante que muitas vezes passa despercebido nas cenas de sexo no cinema, segundo Okida. "A gente nunca fica branca, pálida, logo após o sexo, e vemos muitas atrizes assim", comenta.

As cores ainda despertam a atração sexual neles e nelas também de forma sinestésica, ou seja, quando é possível "sentir a cor". À primeira vista pode parecer algo estranho, mas basta apenas relacionar cor e sensações. Um cardápio "vermelho", por exemplo, não precisa ter necessariamente alimentos dessa coloração, mas sim sabores apimentados, fortes, que remetem a essa cor. Por este motivo, a professora sugere não só pimentas, mas também os temperos indianos, como o curry. "Já o violeta, que instiga as mulheres, lembra algo doce, mas também forte, que pode ser sentido no chocolate, em um bombom com licor, ou no vinho", sugere.

Okida ressalta que o clima de conquista fica ainda melhor se você usar uma música com forte marcação de fundo, semelhante aos batimentos cardíacos, como um tango, principalmente de Astor Piazzolla (compositor argentino considerado uma referência no ritmo musical). "Ele por si só também remete a sensualidade da dança. Uma música com sax, desde que seja só instrumental, também é ótima", acrescenta.

Mas cuidado com os excessos. De acordo com a designer, a decoração deve apenas ter detalhes em vermelho: em um quadro, vasos de flores ou luminária. O vermelho precisa apenas fazer parte da nossa visão periférica. "Eu mesma tenho no meu quarto uma parede vermelha, mas em um lugar que não costumo olhar muito, assim ela não enche meus olhos e não me causa irritação". No caso do quarto do casal, as duas cores podem ser usadas para que ambos sejam estimulados, mas desde que haja um equilíbrio: a roupa de cama pode ser em um tom pastel com detalhes em vermelho ou violeta.

O estímulo do vermelho, ou do violeta para elas, pode estar ainda em um detalhe da lingerie, na música em volume agradável e no leve sabor picante do jantar. "A combinação de tudo isso é que desperta sutilmente o desejo, posso falar que dá certo, falo por experiência própria", brinca.

Márcia ainda lembra que o preto também é outra cor que atrai os homens. Traz elegância ao corpo feminino, é sensual. "Na verdade ela representa o mistério (o preto é a total ausência de cores), o que aquele vestido preto esconde". Isso explica porque no cinema, gestos simples que não deixam o corpo tão à mostra, mas bem pensados quando falamos em cores, excitam ainda mais os homens.

"Foi o que aconteceu no clássico Gilda, interpretado por Rita Hayworth. A atriz estava toda de preto, com uma roupa colada ao corpo, e tira apenas as luvas em uma cena. Melhor ainda é o streaptease, só que de cores, que Pierrette (Fanny Ardant) faz no longa francês 8 mulheres (título original 8 femmes). Ela está vestida com um sobretudo preto e um vestido vermelho - o preto dá a sensação do desnude e vermelho a atração sexual", esclarece a professora.


Mas na hora de atrair o parceiro não basta apenas usar a ciência das cores, o jogo da conquista é ainda mais sedutor com palavras inteligentes, bem humoradas, além de gestos sutis e sensuais.

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: sexo sexualidade sedução conquista