Como fazer massagem tântrica

Massagem Tântrica  dicas para esquentar a relação

Além das carícias e das preliminares, uma boa massagem pode aguçar ainda mais intimidade de um casal. E que tal recorrer ao Tantra para melhorar a vida sexual e aumentar o vínculo entre você e o seu parceiro? Aprenda aqui como fazer massagem tântrica em casa de forma simples e descomplicada e apimente a sua relação!

Conforme explica Isabelle Moura, terapeuta da Cia Espaço do Ser, o toque lento da massagem tântrica, a sintonia na respiração e a atenção com o corpo, aliados às reações e sentimentos do outro, levam a uma relação mais profunda e intensa. "O Tantra entende o sexo não só como um relacionamento em geral, mas também como uma forma de se nutrir junto ao outro. Diante disso, a massagem tântrica é capaz de trazer essa profundidade e o encanto entre o casal", afirma.

Além de relaxar, a massagem tântrica pode ajudar o casal a descobrir novas formas de experimentar o prazer. "Podemos desenvolver trabalhos para que as mulheres aprendam a ter orgasmos mais intensos e com mais frequência. No caso dos homens, é possível perceber uma melhora na capacidade de ereção e controle ejaculatório", conta a terapeuta. "A prática do dia a dia leva ao aumento da consciência corporal e previne disfunções sexuais. Dessa forma, o casal passa a ter uma vida amorosa e sexualmente ativa por mais tempo e com muito mais intensidade".

A terapeuta da Cia do Ser explica que um ambiente com velas, meia luz, música ambiente em som baixo, futton e aromas proporcionam o clima ideal. Para fazer em casa, Isabelle dá as dicas: "Apesar de a cama ser normalmente o lugar preferido para as massagens, se o colchão for muito mole pode causar dores nas costas. Portanto, sugiro colocar um ou mais edredons no tapete da sala ou do quarto, com um lençol cobrindo tudo".

Não se esqueça de preparar uma seleção agradável de músicas (de acordo com o clima que você quer criar), algumas velas, um incenso ou aromatizador de ambientes. "Tudo isso deixa o momento mais especial e demonstra um cuidado com o outro e com este momento reservado para a relação", afirma Isabelle. "Evitem também interrupções: desliguem campainhas e celulares por uma ou duas horas. São pequenos cuidados, mas que fazem toda a diferença!", completa.

Dicas de massagem:

Homem: dê atenção à pele da sua parceira por inteiro durante a massagem ou nas preliminares, tudo com muita calma, explorando todas as possibilidades. Assim, vocês verão que as sensações podem ser despertadas no corpo inteiro e que a possibilidade de descobrir mais sobre o corpo um do outro pode se tornar um exercício de prazer e intimidade.


Mulher: experimente, tanto durante a massagem como durante o sexo, indicar para o parceiro (através de sons, palavras ou gestos) o que mais lhe agrada. É muito importante que ele saiba o que você gosta ou não, só assim ele poderá ter idéia de como satisfazê-la. "As mulheres acham que os homens sabem intuitivamente como tocar e agir, sem que precisem falar nada. Mas tanto o corpo como o aprendizado da sexualidade é muito diferente para homens e mulheres. Então, se elas não ensinarem, eles nunca saberão se estão de fato deixando as parceiras satisfeitas!", alerta a terapeuta.

Exercício a dois: brinque de explorar, um da cada vez, o corpo do outro com toques novos, desde o dedinho do pé até a cabeça - evitando as carícias já conhecidas - para descobrir novos pontos de sensibilidade e prazer. A lentidão dos movimentos é essencial, e a respiração suave (que aos poucos ganha um ritmo em comum) também faz toda a diferença.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente