Campeonatos de Pole Dance

Pole dance como esporte olímpico

Foto: Divulgação

Popularmente conhecido como "dança do poste", o Pole Dance deixou de ser somente uma arma de sedução. Ganhou status de esporte e conquistou até campeonatos mundiais.

"A ideia de ter um campeonato mundial aqui era, em primeiro lugar, mostrar ao país o nível que deveria ser praticado e dar a nossas alunas uma possibilidade de apresentar o que fazem dentro da escola", descreve Vanessa Costa, presidente da Federação Brasileira de Pole Dance.

O campeonato é dividido nas seguintes categorias: etapa nacional, com a cat

egoria amador e profissional brasileiro, e etapa internacional, com a categoria amador e profissional internacional. "Para participar, a atleta precisa ser flexível, forte, realizar uma rotina de treinos para aprender as acrobacias e desenvolver um determinado condicionamento físico. Assim, poderá se equiparar às grandes pole dancers do mundo e competir como atleta profissional", relata Vanessa.

De acordo com a dançarina, o código de movimentos faz a pessoa escolher em que nível deseja participar. Entretanto, o amador é indicado para toda aluna que deseja se divertir com o pole e mostrar para as pessoas ou até um profissional uma performance mais séria e elaborada que vai levá-la à premiação e ao ranking das competidoras internacionais.

Sobre a seletiva ela informa: "Sempre elaboramos por vídeo e depois fazemos a listagem final. No vídeo deve conter uma performance da menina que quer competir. Você pode encontrar outras informações para sua entrevista em nosso regulamento"

Mas para quem pensa que parou por ai, se enganou! Vanessa relata que a próxima meta é incluir o Pole Dance nas Olimpíadas. Aliás, ela e representantes da Federação Brasileira de Pole já estiveram no Comitê Olímpico Brasileiro e entregaram ao vice-presidente, André Richet, o Código de Regras de Obrigatoriedade de Movimentos, e os fundamentos básicos da estrutura do esporte criado por ela durante a realização da 1ª Pole World Cup, em setembro de 2011, no Rio de Janeiro.


"Trabalhamos muito para que esse sonho das atletas seja realizado. Acredito que é um projeto que irá se desenvolver ao longo do tempo, mas é só uma ideia por enquanto", diz ela.

Enquanto não é aprovado o projeto das Olimpíadas, você pode mostrar o seu talento na próxima competição mundial. O campeonato acontecerá nos dias 02 e 04 de novembro, na Casa Espanha, na cidade do Rio de Janeiro. Mas precisa correr! Afinal, as inscrições acabam no dia 30 de agosto.

Por Stefane Braga (MBPress)

Comente