Beijo na boca é fundamental!

Beijar na boca é tão bom… Cada um tem uma receita para aproveitar melhor cada instante. Demorado, apertado, acompanhado de abraços e carícias. O gosto é de conquista, de desejo. Começa tímido, vai ficando safado. A sensação de prazer é tão intensa, que fica difícil entender como a rotina na qual os casais mergulham após certo tempo de relacionamento deixa o beijo na boca esquecido no banco de reservas, em algum lugar do passado romântico que uniu namorados e namoradas, maridos e mulheres.

Não, não, não se trata de falta de amor. Segundo a terapeuta sexual Márcia Atik, o distanciamento entre o casal, que individualmente se dedica somente a resolver problemas financeiros, domésticos ou qualquer um do dia a dia, é o golpe fatal para o beijo na boca.

“O casal fica sem tempo até para conversar e o beijo na boca passa a ser secundário. Surge a falta de contato com o próprio desejo, o que consequentemente reflete no relacionamento”. Porém, o beijo na boca, diz a terapeuta, deve ser prioridade no resgate do desejo. Aproveite o ensejo e inspire-se nas dicas para dar e receber um bem grandão!

- O primeiro passo para o beijo ser bom é caprichar na higiene bucal. Ninguém gosta de boca com mau-hálito ou sujeira!

- Beijo na boca gostoso é aquele acompanhado de abraços e carinhos.

- Beijar por beijar não tem muita graça. Escolha alguém que realmente te atrai e você irá para as alturas!

- Durante o beijo na boca, feche os olhos, claro. Se ficar com eles abertos não conseguirá se concentrar nesta grande emoção.

- Tenha calma. A pressa é inimiga da perfeição!

- Pequenas mordidas nos lábios esquentam ainda mais o beijo na boca.

- Se a iniciativa do beijo for dele, não se afobe e deixe-o conduzir os momentos iniciais para depois se soltar.

- Não se preocupe com o tempo de duração do beijo na boca. Beijos longos não significam, necessariamente, maior prazer.

- No final, sorria e demonstre toda sua satisfação!

Participe do fórum sobre dicas de como deve ser o beijo na boca, do Vila Dois.

Leia também - Sedução na vida do casal

Por Adriana Cocco