Alexia Dechamps interpreta a prostituta Gabriela Leite nos palcos

Alexia Dechamps vive prostituta

Foto/Divulgação

Gabriela Leite, paulistana, estudou nos melhores colégios, frequentou as rodas mais populares da noite de São Paulo, foi aprovada em segundo lugar na USP, onde estudou Filosofia e Sociologia, e junto de uma gravidez acidental escolheu experimentar uma vida mais liberal, à sua maneira.

Saiu de casa e foi explorar sua sexualidade nas ruas do Rio de Janeiro como prostituta. Indignada com os maus tratos que essa classe social sofre, começou a articular movimentos por leis, reconhecimento e inclusão social. Fundou a Associação Brasileira de Prostitutas, a ONG Davida e a, tão famosa e única, grife Daspu. Recentemente, dedicou seu tempo para escrever "Filha, Mãe, Avó e Puta - Uma entrevista", relatando em muito mais páginas e detalhes o que acabamos de resumir para você.

E é baseado nesta autobiografia, adaptada por Márcia Zanelatto, que a atriz Alexia Dechamps se entrega como personagem principal em uma peça de teatro. Nos palcos, Gabriela Leite ganha vida e reconhecimento popular. Batalhadora e avó, a notável figura da prostituta é encenada por Alexia que conta pra gente como está sendo essa incrível e irreverente oportunidade.

"Eu estava há muito tempo procurando um texto para produzir no teatro, foi então que Marcos Montenegro, meu empresário e amigo, me sugeriu ler o livro da Gabriela", começa a contar Alexia. "Depois disso, não tivemos dúvida alguma, é uma história muito boa, forte e única". Quando questionada sobre sua primeira reação sobre a idéia a atriz responde: "Que história incríííííííííííííííveeel"!

Alexia irá distribuir 50 convites para as prostitutas atendidas pela ONG Davida ao invés das celebridades como de costume: "Eu falo delas, sobre o universo delas e conto a história da ONG, nada mais justo e quero todas elas lá, espero que gostem", revela. Entre as maiores dificuldades que encontrou na representação da personagem a atriz esclarece: "Me ver inserida no contexto, representando uma mulher de um universo muito distante do meu".

A peça mostra de forma séria e ao mesmo tempo cômica a vida emocionante de uma mulher que sente orgulho em dizer sua profissão e luta pela evolução dela. "As pessoas vão sair emocionadas, impressionadas, tocadas, mexidas, mas sem dúvida, ninguém sairá indiferente a esta história", Alexia deixa o recado impactante.


Uma lição de vida pessoal que a peça trouxe para a artista foi a quebra de preconceitos, como ela expõe. Portanto a arte em forma de representações em cima de um palco transcende o espírito de luta e vontade de conquistas de Gabriela Leite. O convite é feito a todos que desejam conhecer e experimentar um pouquinho desta vida, difícil e exemplar.

Peça: Filha, Mãe, Avó e Puta - Uma entrevista

Local: Teatro III do CCBB Rio de Janeiro

Temporada: 14 de setembro a 30 de outubro de 2011

Horário: de quarta a domingo, às 19h30

Duração: 60 minutos

Classificação etária: 14 anos

Capacitação do teatro: 80 lugares

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente