7 mitos e verdades sobre o orgasmo

orgasmo mitos verdades

Foto - Shutterstock

O orgasmo é uma reação do corpo a uma intensa satisfação física durante a relação sexual. É como uma conclusão de um ciclo, o ponto máximo do prazer. Apesar de ser natural, pode gerar dúvidas, como mitos sobre o assunto.

Desvende mitos, descubra verdades sobre o orgasmo e se jogue no prazer:

1 - Orgasmo pelo clitóris ou vagina são iguais

Verdade. A estimulação pode ser diferente, mas o orgasmo é o mesmo. Para chegar lá, a maioria das mulheres precisa de uma atenção especial ao clitóris, antes da penetração. Mas que aquelas que chegam - e só chegam - ao orgasmo por meio da penetração e aquelas que só chegam ao êxtase da relação com a estimulação clitoriana. As duas situações são comuns e eficientes.

2 - Orgasmo é necessário para ter uma relação sexual completa

Mito. Prazer e orgasmo são coisas diferentes, apesar de se completarem. Uma coisa é sentir envolvimento durante a relação e prazer pelo erotismo e troca de carícias, outra coisa é transbordar o prazer por meio de toques que vão estimular a reação. De acordo com os especialistas, dois terços das mulheres não chegam ao orgasmo, conhecido também como fase platô da relação.

3 - Todas as pessoas podem ter orgasmo

Verdade. Segundo os experts no assunto, o orgasmo é uma reação humana que facilita a fecundação (pela umidade da mulher e ejaculação do homem). Apesar da mulher levar mais tempo para chegar ao ponto máximo, ela também pode ter a reação de prazer junto ao parceiro. É uma questão de sintonia e controle.

4 - Todas as pessoas conseguem ter orgasmos múltiplos

Mito. Um estudo da Universidade de British Columbia revelou que apenas 33% das mulheres têm orgasmos em todas as relações sexuais. Se ter apenas uma reação é difícil, imagine ter mais de um orgasmo, na sequência? Os especialistas garantem que os orgasmos múltiplos são um tipo de resposta às características dos parceiros - que pode ser desde o tipo físico até o jeito de falar. O que é comum é o fato da mulher conseguir partir para mais um round, na sequência, sem parar - ao contrário dos homens que precisam de uma ereção para ter uma segunda relação sexual.

5 - Mulheres também ejaculam

Depende. A ejaculação feminina acontece em relações sexuais muito intensas. De acordo com um estudo publicado no jornal de Medicina Sexual, da Sociedade Internacional para Medicina Sexual, de 2011, o tipo de ejaculação não tem ligação com a urina, lubrificação ou sêmen. Outra pesquisa realizada pela Universidade de Wisconsin-Madison, nos EUA, em 2009, revelou que as mulheres que ejacularam sentiram suas camas molhadas, a ponto de comparar com o tamanho de um CD.

6 - O orgasmo pode acontecer sem penetração

Verdade. Seja por meio da masturbação ou sexo oral, tanto os homens quanto as mulheres podem chegar ao clímax sem penetração. O estímulo do clitóris até pode ser um facilitador para chegar lá, já que as mulheres são mais sensíveis nesta região.

7 - Orgasmo intenso acontece em relações intensas

Mito. A intensidade da relação não está ligada ao orgasmo do parceiro, pelo contrário! Há casais que se relacionam melhor em um contato menos intenso. Segundo os especialistas, a reação é individual e não pode ser considerada uma regra.


Por Caroline Sarmento

Comente