Temakis de vários sabores!

temaki

foto divulgação

Temakis (suhis maiores e mais elaborados) e temakerias são a bola da vez, principalmente na alta madrugada, uma ótima pedida quem sai das baladas na capital paulista. Souza, sushiman do Nakombi, revela a preferência entre os baladeiros da Vila Olímpia. “Sem dúvida o tipo califórnia, seu recheio é uma mistura de salmão com manga, maionese, pepino, kani e gergelim torrado. É mais leve. Excelente para saborear antes de ir para casa”, indica.

Quase tudo pode ficar por cima do arroz: pasta de atum, camarão à milanesa ou ainda cobertura de picanha. Haja criatividade e estômago! Seja qual for o sabor e o tamanho, a folha da alga nori (desidratda) deve estar no ponto certo, ou seja, crocante e durinha para segurar o recheio.

Em algumas temakerias, as pessoas ainda podem escolher o recheio do próprio temaki. Na rede Sushi Brasil, em Brasília, algumas combinações de clientes serviram como idéia para os bolinhos da categoria especiais, como é o caso do recheio de shimeji ou abacaxi.

Na capital baiana, a franquia da Kone Store tem propostas regionais no cardápio. “O pessoal adorou o recheio de cocada. Também queremos usar alguns frutos do mar aqui da região”, comenta Felipe Abud, sócio-proprietário da casa.

Morango com nutella e prestígio são outros sabores prediletos dos baianos. Todos os tipos doces (banana com canela e doce de leite com cream cheese) são enrolados em casquinhas de sorvetes.

Já no Rio de Janeiro, os temakis se transformaram em aperitivos para festas. Durante o evento, o temakeiro prepara tudo na hora e até ensina receitas para os convidados. Recheios à base de shimeji, mousse de chocolate ou strudel de damasco com recheio de nozes estão entre as novidades. O consumo chega a ser de três salgados e um doce para cada um.

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: culinária receitas cozinha japonesa