Superstição na mesa!

Desde tempos imemoriáveis, a celebração da virada de ano nos emite uma sensação de renascimento, onde o passado, tudo aquilo que aconteceu ou poderia ter acontecido, encontra-se com o futuro, um momento mágico e de transição que certamente nos guiará a dias melhores ao longo do ano que está por vir.

Justamente por isso, esse momento é recheado de superstições: roupa branca para ter paz; uma moeda no bolso pela fartura; pular sete ondas na praia a fim de vencer quaisquer obstáculos; folhas de louro na carteira, etc. São inúmeras as crenças e tradições.

Mas é geralmente à mesa que encontramos boa parte delas, através de preparações que simbolizam saúde e prosperidade. Mel de abelhas para "adoçar” o ano novo. Grãos que aumentam de volume durante o cozimento, como a lentilha: segundo os antigos, uma colherada já basta para garantir um ano novo muito próspero.

As frutas secas, que nos trazem a longevidade, também não podem faltar. Comer uvas, sementes de romã e uma centena de outras crendices populares acabam por compor a mesa do brasileiro na “ceia da virada”.

Superstição na mesa

Por uma questão de tradição (mais superstição do que tradição), deve-se evitar ingerir animais que ciscam e jogam terra para trás, pois isso seria encarado como um “retrocesso”. Com isso, o consumo de aves na virada do ano é praticamente banido.

Entre os mamíferos, a grande estrela da festa acaba por se tornar o porco e outros suínos, já que fuçam e jogam terra para frente, simbolizando força, progresso e virilidade. Lombo, pernil, costeleta, costelinha, bacon, toucinho, presunto... são muitas as variações que esta carne, a qual é nobre e, durante muito tempo, fora tida como “não saudável”, pode oferecer. O fato é que, ao contrário do que se pensa, a carne do suíno é branca, leve e tem baixos índices de colesterol, já que 70% de toda a gordura do animal concentra-se logo abaixo da pele, o que facilita a sua extração.

Quero desejar a você muito sucesso e muita prosperidade!

Nos vemos no próximo ano!

Abraços

Colunista do Vila Sabor, o Chef Rodrigo Anunciato é formado em gastronomia pelo Senac e professor titular da Faculdade de Gastronomia da UniSantos.

Comente

Assuntos relacionados: culinária ano novo ceia ano novo