Serviços de Buffet - o que observar antes de fechar negócio

Buffet faça um bom negócio

Escolhendo o buffet de casamento (Foto: Divulgação)

Tempo é dinheiro. Talvez seja esse um dos motivos que fazem com que as pessoas procurem tanto por serviços, seja ele qual for. O fato é que as pessoas não dispõe mais de tanto tempo livre quanto antigamente. Principalmente as mulheres que trabalham, estudam e cuidam da casa, marido e dos filhos. E na hora de organizar uma festa, seja ela de casamento, infantil, debutante ou um aniversário de adulto, as pessoas optam pelo serviço de Buffet.

Uma boa organização demanda que a contratação de qualquer serviço seja feita com antecedência para que possa fazer uma pesquisa de preço e analisar com calma as propostas. Por isso, busque referências de serviços com amigos e parentes e antes de fechar negócio, visite pessoalmente o local do buffet, combine uma prova do cardápio e, se possível, tente participar de algum evento para fazer uma avaliação.

Profissionais especializados em festas e eventos ressaltam a importância de verificar se a empresa tem todos os alvarás necessários para sua atividade e se ela segue as especificações determinadas pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. Outro procedimento fundamental antes de contratar a empresa é fazer uma pesquisa no Cadastro Nacional de Reclamações Fundamentadas do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor - DPDC, para investigar se há registro de alguma reclamação em relação à empresa.

O Buffet é um dos serviços importantes dessa comemoração, pois além de ser mais um componente para tornar a festa inesquecível e responsável por cerca de 60% do custo dessa festa. O Vila Sabor reuniu algumas dicas e cuidados importantes para você não ter dor de cabeça, uma vez que planejar uma festa não é tarefa simples e requer: tempo, trabalho e cautela na hora de contratar os serviços.

Tipo de Festa: Definido o local, é hora de saber exatamente que tipo de festa pretende dar e quais as opções de cardápio. Seja brunch, almoço, coquetel ou jantar com certeza o buffet oferecerá opções prontas e é o momento de trocar alguns itens por aqueles que são mais do gosto do casal. Os buffets costumam fazer degustações, aproveite a oportunidade e exclua tudo o que não agradar.

Bebidas: Geralmente os buffets oferecem bebidas como água, sucos e refrigerantes, mas cobram à parte bebidas como espumantes, vinhos e whisky. Sendo assim, verifique se a taxa é adequada ao mercado ou se está sendo abusiva. Se for o caso, contrate esses tipos de bebidas à parte.

Serviço de Música: As casas geralmente oferecem também DJ ou bandas ao vivo o que facilita bastante e deixa mais barato, no fim das contas, já que este tipo de serviço à parte costuma ser bem mais caro. Fique atento se o tipo de música oferecida é aquele que os convidados gostam e faça as mudanças necessárias.

Fechando Contrato: Tudo acertado é hora de fechar o contrato. Esse momento é importantíssimo e requer atenção. Exija que tudo o que foi acertado verbalmente, em especial, mudanças no cardápio, bebidas e serviços de música estejam inclusos no mesmo. Valores e formas de pagamento também devem ser especificados em detalhes.

Pacotes promocionais

Na hora de fechar o pacote com o buffet, fique atento. Não se esqueça de negociar, tente conseguir descontos. É importante que a negociação não fique só no "boca a boca" e que os serviços que serão contratados sejam todos colocados por escrito em um contrato. Dependendo dos preços oferecidos pelo estabelecimento, pode ser mais barato comprar com outra empresa ou até mesmo fazer em casa o bolo e as lembrancinhas, por exemplo.

Festa infantil

Piscinas de bolinha, pula-pula e escorregadores deixaram de ser os brinquedos mais atrativos dos buffets. As atrações das festas são cada vez mais complexas e vão desde carrossel até montanha-russa em miniatura. Mas algumas vezes, a falta de segurança desses brinquedos deixa a diversão perigosa.


Para garantir sua própria segurança o consumidor pode checar se a atração possui equipamentos de segurança, altura mínima para uso, peso e número máximo de pessoas que podem utilizá-la, além de um monitor capacitado para manusear o brinquedo, checar extintores de incêndio.

Por Livany Salles

Comente