Muito Prazer, chocolate

Mulheres gostam de homens charmosos, inteligentes, bem-humorados, atenciosos, um pouco cafajestes, bem-sucedidos e carinhosos. Ainda bem que o verdadeiro amor da vida das mulheres é bem mais básico. Na verdade, um pretinho básico: o CHOCOLATE.

Não faltam pesquisas que comprovem essa longa e fiel relação de amor. Algumas afirmam que as mulheres gostam mais de chocolate do que de sexo. O que? De sexo? Será possível? É o que dizem as pesquisas… Espera um pouco: não foi também uma pesquisa que, há algum tempo atrás, afirmou que as mulheres topavam ficar 15 meses sem sexo em troca de um guarda-roupa novo? Sim, foi.

O que está acontecendo com as pesquisas? Ou melhor, o que está acontecendo com as mulheres? Mas também não sei se a pergunta que foi feita deixava claro um detalhe crucial: sexo com quem, né? George Clooney? Jude Law? Clive Owen? Bom, isso não se sabe. Mas parece que Mr. Wonka furaria a fila fácil, fácil.

Recente estudo, feito pela Unilever, ouviu 3,5 mil mulheres entre 18 e 35 anos, em 13 países, e descobriu que o chocolate é o prazer mais irresistível que existe. Entre as brasileiras, então, a loucura é total: 84% das participantes colocam o chocolate no topo da lista. O sexo, pobrezinho, aparece em quinto lugar!!! Até buquê de flores vem antes.

Segundo especialistas, as sensações provocadas pelo sexo são muito semelhantes ao que se sente saboreando um chocolate. O chocolate possui propriedades calmantes e libera o hormônio endorfina, que ajuda a elevar a auto-estima, traz sensação de bem-estar e diminui a ansiedade. Tudo muito parecido com o que ocorre no organismo, no auge do prazer sexual. Ou seja, o mesmo efeito, algumas calorias a mais e muita dor-de-cabeça a menos.

As inglesas também perdem a razão diante de um singelo pedaço de cacau evoluído. Uma pesquisa realizada nas ruas de Londres, mostrou que 45% das mulheres abordadas forneceram suas senhas de e-mail a estranhos, felizes da vida, em troca de uma barra de chocolate. Apenas 10% dos homens fizeram o mesmo.

Uma outra pesquisa, feita com mulheres apaixonadas por blogs, constatou que elas gostam tanto, tanto de pertencer à blogosfera que abririam mão de ler jornais e revistas (43%), de seus iPods (42%) e até de beber álcool (55%) para continuar escrevendo ou lendo blogs. Mas, quando mexe com o chocolate, a coisa muda de figura… só 20% topariam fazer a troca.

Mas como saciar esta paixão louca? Se esbaldar de tanto comer chocolate, jogar fora todos os espelhos da casa e aceitar as formas rechonchudas? Como este desprendimento parece ser impossível para as mulheres, elas seguem tentando resolver a equação comer/sofrer.

Enquanto isso, já que é para conquistar as mulheres, este objeto de desejo e culpa amplia seus domínios e avança para novos territórios: xampus, sabonetes e até desodorantes agora querem ser chocolate. Nos oferecem estímulos sensoriais que remetem ao mesmo prazer, enganam nosso cérebro, mas pelo menos não engordam. Algo como o cigarro apagado na boca do ex-fumante. Tomara que, no desespero, as mulheres não saiam por aí bebendo xampu ou comendo barras de sabonete.

Uma a Uma é uma empresa de inteligência de mercado especializada no público feminino. As sócias e colunistas do Vila Mulher, Denise Gallo e Renata Petrovic, ajudam a entender melhor e desvendar as várias faces da mulher contemporânea. Contato: umaauma@umaauma.com.br

Comente