Horário de verão requer cuidados na alimentação

A ingestão de frutas, legumes e verduras hidrata no corpo no calor
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Horário de verão requer cuidados na alimentação

Especialistas da área da saúde afirmam que acordar uma hora mais cedo exige uma certa adaptação do corpo humano, que inclui ter uma boa noite de sono e evitar atividades físicas no início da noite. 


Segundo os especialistas, o ideal é que as pessoas evitem consumir café ou chá preto, ingerir alimentos gordurosos no jantar, dormir sem comer, praticar exercícios físicos em excesso no início da noite ou ler livros ou ver filmes muito estimulantes nas horas que antecedem o sono.

A nutricionista Milene Amarante Pufal acredita que o ajuste do relógio interfere no ciclo circadiano (responsável pelas alterações do organismo dentro de 24h), fazendo com que algumas pessoas tenham dificuldade de acordar mais cedo para tomar o café da manhã ou de fazer as refeições no horário novo.

Segundo médicos, esse desequilíbrio no organismo ocorre nos cinco primeiros dias da mudança no relógio.

Como se alimentar bem no horário de verão?

Aumente a ingestão de líquidos, eles auxiliam na readaptação e hidratação do organismo;

Mantenha os horários das refeições. Se você estava acostumada a almoçar 12h, almoce às 12h também no horário de verão;

Consuma mais alimentos leves, como frutas, verduras e legumes (in natura);

Dê preferência às carnes magras;

Coma de três em três horas.

Por Livany Salles

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente