Dieta da pirâmide alimentar

Dieta da pirâmide alimentar

Saber se alimentar bem vai além das três refeições por dia. Uma alimentação balanceada envolve todos os nutrientes que o seu corpo precisa e estão espalhados em dezenas de alimentos diferentes. Saber quais são e como consumi-los é o ponto de partida rumo a uma alimentação saudável, balanceada e livre de excessos para o seu corpo.

Segundo nutricionistas, os alimentos são divididos numa pirâmide alimentar em quatro categorias: Energéticos (auxiliam no fornecimento de energia para manter a o corpo funcionando, como cereais, pães, arroz e massas), Reguladores (fazem com que o organismo funcione corretamente, através do fornecimento de vitaminas, minerais e fibras. Frutas, legumes, verduras e água são os alimentos desse grupo), Construtores (atuam nos tecidos, auxiliando no crescimento, reparação, manutenção e desenvolvimento dos mesmos. Para isso, consuma leite, feijão, ovos, peixe, frango, carne, ervilha, etc) e Oleaginosos (muito energéticos, você deve procurar consumir castanhas, carnes e doces, mas sem exagerar nas frituras e nos doces).

Cada categoria fornece algum tipo de contribuição essencial para o corpo, como energia, combustível para o funcionamento de órgãos, manutenção e reparação de tecidos. Com um cardápio alimentar equilibrado, você evita o aparecimento de doenças como obesidade, hipertensão, diabetes e doenças cardiovasculares.

Os itens da base devem ter uma participação maior no total de calorias da sua alimentação, ao contrário dos alimentos dispostos no topo da pirâmide, que devem contribuir com a menor parte das calorias de toda a sua alimentação.

Pirâmide Alimentar

Foto: reprodução/Portal São Francisco

Por Livany Salles

Comente