Cortes de legumes

Cortes de legumes

Existem vários utensílios que auxiliam no dia a dia e o cortador de legumes é um deles. Mas você já prestou atenção e notou que o tipo de corte é o ideal varia de acordo com a receita? Vamos ver alguns dos mais comuns indicados pelo site "dicas de nutricao":

- O corte Juliana é feito de tirinhas de 4 a 5 cm de comprimento por 2 a 3 mm de largura. Comumente usado para sopas com cenoura, cebola, repolho e batata.

- Chateau ou castelo: é um corte torneado que se faz com uma faquinha de ponta, dando aos vegetais uma forma de amêndoa. Também usado para guarnição em prato de carne.

- Bastão: usado para batatas que se cortam em bastõezinhos de 5 a 6 cm de comprimento e 1 ½ a 2 cm de largura.

- Paille (palha): corte em tirinhas como Juliana. Empregado em batatas para fritura. Acompanha estrogonofe.

- Noisette ou em forma de avelãs: corte em forma de bolinhas de tamanho diverso, para o que se usa um cortador especial. Empregado em batatas para fritura, guarnição de vegetais compactos (cenoura, nabo, abóbora, chuchu) e para acompanhar sopas, cremes e purês.

- Chip: usado para batatas grandes, cortadas em lâminas muito finas para frituras, servidas como aperitivos. Este corte também é usado em preparações mistas.


- Jardineira: corte em cubo de 1 cm, usado para guarnições simples e mistas de vegetais compactos.

- Chiffonade: Verdura finamente cortada, geralmente alface, couve ou espinafre, usado como uma base, enfeite ou nas sopas.

Por Lívany Salles

Comente

Assuntos relacionados: culinária sabor Legumes receita corte gatronomia