Brasileiras preferem chocolate a compras ou sexo

Chocolate

Entender uma mulher sempre foi um desafio para os homens. Há alguns que afirmam já ter desistido, mas novas descobertas a respeito do comportamento feminino voltam a intrigar até os mais céticos.

Uma pesquisa realizada pela Unilever, com a ajuda do instituto Datosclaros, revelou que as mulheres consideram o chocolate mais irresistível que sexo.

Foram ouvidas mais de 3,5 mil mulheres entre 18 e 35 anos, residentes em 13 países: Argentina, Brasil, México, Estados Unidos, Espanha, França, Alemanha, Itália, Inglaterra, Holanda, Austrália, Filipinas e Índia.

Os pesquisadores descobriram que, as brasileiras, entre todas, são as maiores fãs do ingrediente - 83,6% das participantes colocam o chocolate no topo da lista. Elas também consideram o ingrediente um poderoso afrodisíaco natural e responsável por proporcionar um prazer comparável ao sexo.

Na preferência mundial, o chocolate aparece em primeiro lugar com 69,1%, seguido das compras com 67,9% dos votos.

Outro dado revela que 93,3% das brasileiras confessam que o chocolate é uma tentação difícil de resistir e comparam a sensação como a de se dar um presente e garantir o bom-humor.

Entre os outros campeões na preferência de prazeres irresistíveis das mulheres brasileiras estão as compras (83,1%), um buquê de flores (76,4%) e um bom jantar (75,1%). Curioso: o sexo, para as brasileiras, aparece em quinto lugar, com 73,3% dos votos.

As argentinas e espanholas já não seguem a mesma linha. Elas preferem o sexo como a atividade mais irresistível entre as nove opções apresentadas, com respectivamente 60,5% e 65,7% da preferência.

As diferenças culturais ficam evidentes em algumas curiosidades da pesquisa. As indianas, por exemplo, consideram irresistíveis, em primeiro lugar, as jóias. E para as Filipinas, o sexo é o item menos irresistível, com apenas 16,5% da preferência.

Por Karina Conde

Comente

Assuntos relacionados: sexo