Alimentos funcionais

Alimentos funcionais

Hoje é uma ótima data para você reavaliar os seus hábitos alimentares, afinal, é dia mundial da alimentação. Apesar de muita gente já saber quais alimentos não podem faltar no prato, alguns deles exercem funções mais do especiais, ou melhor, são indispensáveis, e você não deve se esquecer deles, mas isso não significa que você só deva usá-los no seu cardápio.

A nutricionista Camila Rebouças indica alguns:

Peixes - consuma principalmente os de água fria, como salmão, sardinha, atum, tainha e bacalhau, grelhados ou cozidos. Eles são ricos em ácidos graxos ômega 3, indicados para a prevenção de doenças cardiovasculares. Você não precisa incluí-lo no cardápio todos os dias. Uma ou duas vezes por semana está excelente.

Brócolis - entre as hortaliças, o brócolis é a que tem maior concentração de ferro, em média 15mg por 100g do vegetal. Além do ferro, o brócolis também é fonte de vitamina C, A, ácido fólico, cálcio, selênio e potássio

Tomate - é rico em potássio, vitamina C, sódio, cálcio, fósforo, ferro e magnésio, além de ser uma das principais fontes de licopeno. Alguns estudos sugerem que dietas ricas em licopeno diminuem o risco de ocorrência de câncer de próstata, estômago, pulmão, esôfago, e trazem benefícios para câncer de mama,

Aveia - além de ser ótima para o funcionamento do intestino, pela grande presença de fibras, ela contém betaglucana, fibra solúvel que auxilia na diminuição do colesterol sanguíneo total, no controle da glicemia e pressão arterial, e ainda retarda o esvaziamento gástrico, aumentando a sensação de saciedade.

Por Juliana Lopes

Comente