Alimentação saudável durante a gravidez

Alimentação saudável durante a gravidez

Foto: Dreamstime

Toda gestante tem uma experiência diferente quando o assunto é alimentação. Algumas enjoam mais, outras tem vontades estranhas e repentinas, algumas deixam de comer certos alimentos e outras inserem no cardápio o que antes sequer pensavam em comer. O importante é ajustar a alimentação, mesmo que ela já seja saudável. Os especialistas recomendam ingerir mais nutrientes como ácido fólico, proteína, calcio e ferro, entre tantos outros mineirais e vitaminas.

A jornalista Paula de Donato, que se divide entre as funções de esposa, profissional e mãe de primeira viagem, diz que sempre se preocupou com a qualidade dos alimentos, mas confessa que na correria do dia a dia acabava não se policiando muito e burlando algumas regras alimentares. "Quando soube que estava grávida passei a me ‘forçar’ a me alimentar melhor", afirma.

Como tudo é equilíbrio, depois do resultado positivo da gravidez, o ideal é passar a fazer refeições mais organizadas, evitando fast food, comidas industrializadas e gorduras. Mas lembre-se de que o seu corpo irá precisar de mais energia, então nada de fazer dieta ou restringir o apetite.

O ideal é alimentar-se nos horários corretos e com os alimentos certos. Também é importante evitar peixes, frutos do mar e ovos crus, além de queijos de casca branca, como brie e camembert, e queijos com fungos, como roquefort e gorgonzola. Evite também queijos do tipo frescal (ou "minas"), que podem ser feitos com leite não-pasteurizado. O problema é a possível presença de uma bactéria que causa a listeriose, doença que pode prejudicar o bebê.


A cafeína deve ser evitada. Já recomendação dos especialistas é a de que as bebidas alcoólicas não sejam consumidas durante a gravidez.

O bebê de Paula, que se chamará Miguel, já sabe disso e tratou logo de fazer a mamãe enjoar de café. Já a regra da bebida alcoólica é seguida à risca: "Desde que engravidei não coloquei mais nenhuma gota de álcool na boca, mesmo porque, não gosto muito", conta, dando o bom exemplo para as gestantes.

O cardápio agora é outro: "frutas, muitas frutas", enfatiza a futura mamãe.

Compartilhe com o Vila Mulher a sua experiência!

Por Lívany Salles

Comente