A incansável luta contra a obesidade infantil

A luta contra a obesidade infantil

Foto Divulgação Site Revista IN

Seja em casa, no shopping ou na cantina da escola, a criança tem acesso às mais diversas guloseimas, o que faz da dieta infantil a mais bombardeada por açúcares, frituras, gorduras saturadas e outros elementos prejudiciais à saúde.

Por isso, é preciso que os pais fiquem alerta sobre os perigos da obesidade infantil e ensinem os filhos como planejar a ingestão saudável de alimentos, principalmente em época de férias ou datas comemorativas.

"A obesidade infantil tem sido um problema mais frequente, provavelmente por uma combinação de fatores como a diminuição do espaço para brincar nos centros urbanos associado com o aumento dos jogos eletrônicos, computadores, etc.", explica o endocrinologista do Hospital Esperança (Recife), Carlos Augusto.

Especialistas aconselham que as crianças levem alimentos saudáveis para a escola, numa lancheira. "A criança deve ser acostumada com frutas e vegetais de uma forma geral desde cedo. Algumas pesquisas sugerem que o paladar se desenvolve até por volta dos quatro anos de idade, ou seja, se a criança se acostumar com uma dieta variada até esta idade, vai levar o hábito de ser saudável ate o fim da vida", ressalta o endocrinologista.

O ideal é que os alimentos com mais gordura e mais doces não sejam banidos do cardápio dos pequenos, mas deve ser reduzido o tamanho das porções e a frequência de seu consumo.

Por Livany Salles

Comente