A culinária do país das Olimpíadas

Já tem muitos anos que a culinária chinesa (com grande sucesso, diga-se de passagem) tem participação ativa na alimentação dos brasileiros. Quando eu era garoto, era muito comum ouvir das pessoas sobre essa milenar culinária, tão diferente da japonesa, pois é tudo "fritinho".

Na verdade, essas culinárias se misturam bastante se analisarmos os ingredientes, os quais são, basicamente, os mesmos. Com a ascensão econômica do país mais populoso do mundo e a recente notoriedade mundial alcançada através dos Jogos Olímpicos, sua gastronomia dá mais uma vez demonstração de força, com pratos que vem sendo executados da mesma maneira já há 3.000 anos, a exemplo do prato nacional, o Pato de Pequim, criado para o Imperador e consumido apenas pelo mesmo durante quase um milênio.

Devido a sua importância, apresentarei aqui em minhas próximas postagens, curiosidades e um pouco da história, ingredientes e sabores, sempre ligados a receitas que você pode executar com facilidade em sua casa.

Vou começar com algo bem simples e tradicional, o Frango Xadrez, o qual leva esse nome pelo corte dos ingredientes (todos em cubos) os quais criam a ilusão de um tabuleiro de Xadrez Chinês.

Ah! Outra coisa: frango xadrez nunca levou e não leva amendoim. Essa prática foi adotada no Ocidente pela dificuldade de se encontrar por aqui o óleo de amendoim utilizado na receita original.

Ingredientes

Coxa e sobrecoxa de frango sem osso - 2 Unidades

Pimentão verde em cubos - 30 Gramas

Pimentão vermelho em cubos - 30 Gramas

Cenoura em cubos - 30 Gramas

Cebola em cubos - 30 Gramas

Salsão em cubos - 30 Gramas

Óleo de soja - 15 Mililitros

Molho Hoisin - 5 Mililitros

Molho de soja - 15 Mililitros

Sakê - 5 Mililitros

Glutamato monossódico - 5 Gramas

Fundo de frango - 1 xícara (chá)

Amido de milho diluído em água - 15 Gramas

Óleo de gergelim torrado - 1 colher (café)

Modo de preparo:

1- Aqueça o óleo e frite o frango já cortado em cubos.

2- Quando o frango estiver bem-passado, adicione o salsão, a cenoura, os pimentões e a cebola (nessa ordem).

3- Com os legumes ainda crocantes, adicione os temperos e o fundo.

4- Adicione o amido de milho diluído e aumente o fogo. Por último, adicione um fio de óleo de gergelim torrado.

Culinária Chinesa

Foto Chef Rodrigo Anunciato

Grande abraço e até a próxima.

Colunista do Vila Sabor, o Chef Rodrigo Anunciato é formado em gastronomia pelo Senac e professor titular da Faculdade de Gastronomia da UniSantos.

Comente