Marca de sportwear empodera modelos plus size

A nova campanha de roupas esportivas empodera mulheres curvilíneas, provando que esporte é para todas!

Foto: Reprodução Instagram

Para ser saudável e praticar esportes, adotando uma rotina de exercícios físicos, é preciso ser magra, certo? Errado. E a marca de sportwear americana Nike prova isso em sua nova campanha, elegendo modelos plus size com corpos curvilíneos, considerados pela sociedade como "fora do padrão", para estrelar a nova linha de tops esportivos.


Mais do que empoderar essas mulheres lindas e curvilíneas, a marca difundiu a mensagem de que mulheres de todos os tamanhos também se preocupam com questões fitness. E para provar isso, a campanha não estrela apenas modelos e, sim, mulheres que vivem do esporte, como a instrutora de yoga Claire Fountain. Já a outra estrela da campanha é a modelo Paloma Elsesser, que já participou de campanhas de lingerie.

Foto: Reprodução Instagram

Vestindo top e legging, a modelo plus size Paloma Elsesser e a professora de ioga Claire Fountain demonstram como escolher a peça que melhor veste cada silhueta. Em uma das fotos publicadas, Paloma ensina: "Muitas mulheres usam tiras largas e taças muito pequenas. Apoie suas mãos na sua cabeça. Se as alças levantarem, você precisa de um número menor de top".

Foto: Reprodução Instagram

Outras marcas têm ganhado espaço com esse discurso de inclusão, respeitando a individualidade e a diversidade em vez de impor um padrão inviável para a maioria. Uma delas é a marca de lingerie Lonely, da Nova Zelândia, que coroou a diversidade do corpo feminino sob a incrível campanha "Para mulheres que usam lingerie como uma carta de amor para elas mesmas".

Foto: Reprodução Lonely

E não é apenas no mundo fashion que as mulheres curvilíneas estão tomando o posto. O videoclipe"Toothbrush", da banda do ex-Jonas Brother's, a DNCE, do Joe Jonas, estrelou a modelo plus size americana Ashley Graham. A música fica em segundo plano, chamando a atenção para a beleza e o charme estonteante da modelo. Confira o vídeo: 

Foto: Reprodução Instagram Ashley Graham

2016 é o ano que definitivamente consolida a beleza da mulher como um todo, e não apenas um número que acusa na balança ou na etiqueta do jeans. Alguma dúvida de que o mundo é das mulheres?

Comente