Raquel Zimmermann

Raquel Zimmermann

Arquivo MBPress

Ela é a top número um do planeta, segundo o ranking do portal models.com, um dos termômetros do universo fashion. E isso explica um pouco do frenesi envolvendo a participação dela nesta edição da SPFW.

Veterana no universo da moda, aos 26 anos Raquel Zimmermann já soma dez anos de uma carreira internacional pra lá de estrelada. Ela deixou a pequena Bom Retiro do Sul, RS, e ganhou o mundo já em 1999, quando foi trabalhar em Tóquio, Milão e Paris. Depois disso, levantou acampamento em Nova York, onde mora até hoje.

Versátil e apaixonada pelo que faz, Raquel é conhecida por interpretar personagens. E talvez por isso seja a queridinha de marcas como Gucci, Giorgio Armani, Oscar de la Renta e Marc Jacobs. No ano passado, fez campanhas para Fendi, Valentino e Printemps. E no currículo ainda tem Victor Hugo, Balenciaga, Versace, Prada e Yves Saint-Laurent.

Esse ano, ela é a grande estrela da grife Animale, para qual desfilou com exclusividade. Depois de uma longa espera (quase três horas), Raquel conversou com os jornalistas que tiveram acesso exclusivo ao camarim dela. O Vila Fashion estava lá e descobriu que Raquel é muito mais simples e normal do que a gente imagina.

Raquel Zimmermann

Arquivo MBPress

Vestida do jeito que mais gosta, num estilo grunge meio anos 70, ela falou que prefere mesmo um look de menino, mais confortável, despojado. “É claro que gosto de me sentir feminina às vezes. Ai abuso dos vestidinhos”, disse, com um sotaque gaúcho que ainda não perdeu, mesmo morando tanto tempo fora.

A peça que não pode faltar no guarda-roupa dela é uma jaqueta de couro, claro. E o que ela não precisa ter é mini-saia. “Acho bonito nos outros, mas não gosto em mim”, explicou.

Raquel era o patinho feio da escola quando mais nova. Muito alta e magra, quase nem chamava atenção. Mas o mundo girou e hoje é ela quem dá a dica de beleza. “Nada melhor que uma boa noite de sono. E claro que sempre usar cremes bons e cuidar da alimentação”, indicou. Ela usa Shisheido para pele e Kerastase para os cabelos. Mas quando questiona sobre a comida, confessou: “sou gaúcha né? Gosto mesmo é de churrasco”.

Mas mesmo o prato preferido dela é moderado - como tudo que faz. Curte balada, mas não abusa. Trabalha muito, mas encontra na música um jeitinho de relaxar. Além disso, adora passear, principalmente em museus na cidade que escolheu para viver. “Nova York é como São Paulo. Tem muita coisa boa pra fazer”.

Mesmo assim, Raquel não pensa em trocar a “big apple” pelo Brasil. Pelo menos não por enquanto. “Mas se eu pudesse, morava um pouquinho no Rio Grande (do Sul), um pouquinho em Nova York”, declarou.

Para vê-la por aqui, só assim mesmo, em eventos de moda gigantescos como a SPFW. E mesmo assim, só um pouquinho. A top lamentou a agitação quanto à participação dela (e a longa espera dos jornalistas para entrevistas e fotos), mas confessou ficar feliz da vida em saber que as pessoas querem saber da carreira e do trabalho dela.

leia também


Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: moda raquel zimmermann desfile spfw 2009