Oscar de melhor figurino - estilo retrô

Oscar de melhor figurino  domínio do retrô

Cena de "O Artista". Foto reprodução Imdb

O Oscar 2012 acontecerá no dia 26 de fevereiro no Kodak Theater, em Los Angeles, e entre as diversas categorias concorrentes, estará a de melhor figurino com cinco filmes, e nesse quesito o destaque vai para o estilo retrô.

Os filmes são todos de época, o que nos proporciona um festival de lindos figurinos, tecidos e cores. O primeiro indicado é um dos favoritos do ano para levar a estatueta de melhor filme, "O artista", o filme mudo e em preto e branco, tem dois lindos aspirantes a artistas como protagonistas. O figurino é repleto de franjas, cintura baixa, e chapéus, bem ao gosto das melindrosas dos anos 20 aos 40.

Em "Anonymous" que se passa na Inglaterra do século 16, a autoria das obras do grande Willian Shakespeare é colocada à prova. O figurino é aquele com cara de Rainha Elizabeth - espartilhos, rendas e vestidões para a Rainha que é a única personagem feminino da película. Os homens vestem cores escuras, e roupas pesadas, em mantos, casacos, chapéus e indumentária militar.

A adaptação do romance de 1847, "Jane Eyre" para o cinema já foi feita antes, mas o figurino é uma das ótimas novidades. A história da órfã que depois de rejeitada pela tia, se torna rica na vida adulta através de uma herança, traz um figurino de época que varia do escuro, fechado e austero para outros mais coloridos e alegres de acordo com a evolução da personagem. Michael O’Connor, o responsável pelo figurino do longa, já ganhou um Oscar em 2008 por "A Duquesa".

Uma história ambientada na Paris dos anos 30, já exala charme, esse é o começo do enredo do filme "A Invenção de Hugo Cabret", dirigido por Martin Scorsese. Nesse cenário vive um menino de 12 anos, que vive com o tio que é relojoeiro na estação de Montparnasse, e que acaba sozinho e encontra num antigo projeto com ar de futuro a sua fantasia. Parece lindo. O figurino teen é de casaquinhos escuros com ar de belle époque.

O segundo filme dirigido por Madonna, "W.E - o romance do século" deveria ser o "figurino do século", e está repleto de marcas como Balenciaga, Christian Dior, John Galliano, Vionnet e Issa, além de joias Pierre Cartier. E por aí vai, e com um closet com mais de 80 figurinos para a atriz Andrea Riseborough.

Essa beleza visual toda foi criada por Arianne Phillips, stylist de Madonna há mais de uma década. A trama do filme é bem interessante e conta uma historia de amor nada convencional, pelo menos para o final da década de 30, quando o rei Edward VIII escolheu se casar com uma plebeia divorciada duas vezes, Wallis Simpson vivida por Andrea Riseborough. Em paralelo, nos anos 90 a história vai inspirar uma mulher que resolve pesquisar a fundo essa história.

Confira os trailers de cada filme:

O artista

Anonymous

Jane Eyre

A Invenção de Hugo Cabret

W.E.

Por Giseli Miliozi

Comente