Olheiro da moda

Olheiro da moda

Gisele Bündchen e Dílson Stein

Quem julga pela aparência costuma ser visto de maneira negativa. Mas se existe alguém que sabe (e pode) fazer juízo de valor pela estética é o gaúcho Dílson Stein. Seus olhos agem de forma extremamente assertiva e sua capacidade de “julgar” têm como único propósito descobrir novos talentos no mundo da moda.

Conhecido como olheiro nº 1 do Brasil - ou scouter, como gosta de ser chamado - Dílson é responsável por alavancar nomes como os de Gisele Bündchen, Alessandra Ambrósio, Caroline Trentine, Isadora Di Domênico e Luize Altennhofen. E essas são apenas algumas de suas meninas dos olhos.

Se engana quem pensa que Dílson já nasceu em meio às passarelas e desfiles. “Fui bancário e meu primeiro contato com o mundo da moda aconteceu quando eu tinha 15 anos”, conta. Na época, ele ficou impressionado e decidiu que iria entrar no mundo fashion.

Em 1985, se inscreveu em um curso de modelo e manequim e, motivado pela carreira, decidiu abandonar o emprego de trabalho de bancário. O primeiro contato que teve no ramo de cursos e eventos aconteceu em 1987, quando em visita a Horizontina, no Rio Grande do Sul, recebeu o convite pra integrar um treinamento para modelos. “Investi muito na minha carreira. O conhecimento fez a diferença”, conta o scouter. Tanta dedicação e empenho levaram Dílson a colher bons frutos. Em 1990 ele descobriu sua primeira modelo, a também gaúcha Marjorie Fritz, que mais tarde ganharia projeção nacional e internacional.

Dílson não havia apenas descoberto uma modelo - e sim a habilidade que tinha para caçar novos talentos. Em 1992, com maior visibilidade no âmbito da moda, foi chamado para trabalhar em uma grande agência, onde fundamentou o “Projeto Modelo”. “Esse projeto foi idealizado para informar, preparar e dar a oportunidade para quem sonha com a carreira de modelo”, diz.

Sempre em busca do rosto ideal, Dílson continuava à procura de gente nova para emplacar nas passarelas. Foi quando em 1994, em uma de suas aulas, descobriu aquela que mais tarde se tornaria a favorita do mundo da moda: Gisele Bündchen.

Quando questionado sobre quais são os critérios que utiliza na hora de caçar um novo rosto para o mundo fashion, o profissional responde rapidamente: “Fico atento a todos os detalhes. O importante, para qualquer modelo chegar ao sucesso, é ter talento e atitude”.


E a dica dele para quem quer ser descoberta? “Procure um profissional sério e competente, que faça uma avaliação e diga se você tem potencial”. Ter apoio, orientação e acompanhamento dos pais também é fundamental.

O scouter arrisca um palpite sobre quais serão os próximos nomes de destaque nas passarelas. “Eu aposto em duas pessoas para se tornarem futuras top models: Isadora Di Domenico e Alline Zanella”, declara. As duas, é claro, foram descobertas nos eventos de Dílson.

Por Cínthya Dávila (MBPress)

Comente