Manequins com rosto e corpo de modelos reais

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Manequins com rosto e corpo de modelos reais

Foto: divulgação.

Na vitrine das lojas, não basta ter o melhor preço, o melhor corte, o melhor modelo. É preciso apresentar tudo isso de maneira atraente, fixando os olhinhos sedentos de quem passeia por shoppings e ruas cheias de tentações. Aliando tecnologia e design, uma empresa resolveu isso direitinho. Hoje, a Expor Manequins coloca realidade por trás das vitrines.

Para diferenciar as lojas e encher o espaço de elegância ou descontração - dependendo do cliente - os manequins são feitos sob medida para que o público alvo de cada loja se identifique com as roupas expostas.

Há 40 anos, a fábrica de São Paulo é responsável por produzir manequins do jeitinho que o cliente quer. Mas a grande novidade é a modelo com rosto de pessoas reais. As "E-models" são feitas por meio de uma tecnologia de ‘scaneamento’, em que as características de uma pessoa real são passadas para o computador, que gera um formato em 3D e monta o esqueleto da modelo requerida.

Tudo começou com um projeto para a grife "Victoria’s Secret". "Há uns dois anos, eles queriam ter manequins com o rosto das "Angels", mas com o sistema atual, a escultura não ficaria perfeita", conta Marcos Andrade, Diretor Financeiro da Expor Manequins. A equipe dele então foi atrás de toda a tecnologia necessária, mas acabou que, com a crise financeira que atingiu os Estados Unidos, a "Victoria’s" teve que abandonar o projeto e sobrou para a Expor toda a tecnologia.

A empresa cliente pode escolher cor de pele, cabelos, olhos, tamanho, formato do corpo. Tem até para as lojas plus-size, uma revolução na moda dos corpos magricelos. "A modelagem das manequins do exterior não é a mesma da mulher brasileira. Elas são mais retas, não se explora a sensualidade como nas manequins brasileiras, que tem mais curvas", lembra Marcos. "É uma questão de ter os corpos mais adequados. Um manequim brasileiro, para um biotipo brasileiro, com a roupa brasileira", completa.

Manequins com rosto e corpo de modelos reais

Foto: divugação.

Sem contar que a qualidade colocada em cada manequim é uma das maiores preocupações da loja e do produtor. Marcos conta que, muitas das vezes, o próprio vendedor não sabe como cuidar muito bem de cada manequim. E, em um descuido, acaba quebrando a peça, deixando algumas rachaduras. "Quando vemos um manequim sem dedo, ou mesmo lascado, inconscientemente ligamos esse manequins com uma baixa qualidade das roupas", conta. E isso independe da loja ser de grife ou não, a sensação transmitida para o comprador é sempre a mesma.

Na Expor Manequins, Marcos conta que eles perceberam esses pequenos descuidos e tomaram suas próprias precauções. Para isso usam a fibra de vidro, que não risca e, se bem cuidada, dura mais de 20 anos.


Cada manequim, em média, sai por R$ 900. Mas esse preço varia de acordo com o modelo que você quer criar. Como o próprio Marcos afirma: "O que você imaginar, dá para fazer". Já pensou ter a cara e o corpo da Gisele Bündchen na vitrine?

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente