T-shirts nada básicas de Fabiana Bauman

Tshirts nada básicas de Fabiana Bauman

Foto/Divulgação

Foi-se o tempo em que t-shirt era sinônimo de basicão. Apesar da popular saturação do mercado da moda, os artistas sempre têm para onde crescer. E foi assim que Fabiana Bauman desenvolveu a grife APEÇA, onde as tradicionais camisetas ganharam novas formas e significados.

Fabiana conta que, depois de perceber a já conhecida saturação do mercado da moda, e da volta de sua mãe, Esther Bauman, à alta-costura, ela foi buscar suas raízes, revendo seus conceitos sobre moda.

"Estava no meu DNA a paixão por camiseta, porque a considero despretensiosa e, ao mesmo tempo, super sensual, além de ser eternamente democrática! Eu via bastante opção de camiseta básica, com estampa, mas dava para ir além. Sentia falta de uma t-shirt que fosse mais criativa, então comecei a trabalhar em cima das modelagens, procurando mudanças sutis que dessem uma nova cara à camiseta", relata a estilista.

O grande diferencial da grife, que existe desde setembro de 2009, são as modelagens nada convencionais que Fabiana desenvolve. Ela usa elementos da alta-costura, como barbatanas, cavalinhas (tipo de entretela usada na alta costura para dar estrutura), filós de armação, tudo para que a peça tenha sustentação. Apesar dos elementos sofisticados, não deixa de ser uma t-shirt: a gola é quase a mesma de qualquer outra camiseta, mas com diferenças em sua largura e na malha utilizada.

E não pense que só as mais jovens que usam as t-shirts da estilista. Ela conta que a faixa etária de suas clientes vai desde 20 anos até mais de 50. "Tenho tanto clientes bem jovens, de 25 a 35 até as mulheres de 55, 65 anos. Na sua maioria, são mulheres ligadas à publicidade, arquitetura, moda, design, porém tenho as mais tradicionais também, como médicas e advogadas".

Os modelos de Fabiana são tão versáteis que é possível vesti-los pra quase tudo. "Menos em festas, como casamento", ela alerta. Fabiana também ressalta que, apesar das t-shirts serem básicas e atemporais, ainda é necessário certo "know how" para fazer as combinações.

[galeria]

"Não ficam legais com outras peças que já tem modelagem elaborada, com muito volume", aconselha a criadora da grife. Mas as misturas também são bem-vindas! "Quando se sabe misturar, com peças inteiras estampadas (como legging estampado) ou até uma mini-saia toda bordadinha, isso para as mais modernas. Para as mais clássicas compor com algo bem clean e sequinho".

Além disso, Fabiana dá dicas sobre assessórios: "Para as peças com volumes em baixo até dá para se usar com um brinco ou colar mais ousado. Porém, para as peças com volumes nos ombros, sugerimos algo mais discreto para não brigar. Cintos, com certeza, mais cleans, tanto fininhos como mais largos!". Já que o básico nunca sai de moda, o negócio é se jogar!


As peças podem ser encontradas nas seguintes lojas:

São Paulo:

Acquastudio (showroom e varejo com preços quase de atacado): R. Jaraguá, 878 - Barra Funda. (11) 3223-2133

Fernanda Yamamoto: R. Aspicuelta, 441 - Vila Madalena. (11) 3032-7979

Mercado Mundo Mix: R. Augusta, 2559 - Jardins. (11) 3063 1892

Conceito Firma Casa: Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1522 - Jardim Paulista. (11) 3068-0380

Rio de Janeiro:

Via Flores: Rua Garcia D'Ávila, 66, loja C - Ipanema. (21) 2249-7145 ou R. General Venâncio Flores, 305, Loja H - Leblon. (21) 2249-7909

Belo Horizonte:

Cupcake: Av. Amazonas 2760, apto 206, Barroca. (31)9156-1977

Brasília:

Loja Galeria: SHIS QI 5 Bloco J Loja 12 - Shopping Gilberto Salomão. (61) 3248-7741

Curitiba:

Conbase: R. Coronel Dulcídio, 517 - Batel. (41) 3224-946

Salvador:

Martha Paiva: Av. Paulo VI, 267 - Pituba. (71) 3248-2428

Vitória:

Martha Paiva: R. Aleixo Netto, 1404 - Praia do Canto. (27) 3225-2426

Por Ana Paula de Araujo (MBPress)

Comente