SuperCool Market - consumo consciente

SuperCool Market  consumo consciente

Divulgação

E a onda do escambo volta com tudo. Mas esse é um escambo super moderno, porque além de você renovar seu armário, ajuda outras a renovar os delas e ainda pode sair com um dim-dim no bolso. Quer saber o nome disso? Super Cool Market, uma loja inovadora, onde você pode vender e trocar suas roupas quase novas com outras pessoas. Um custo benefício danado, hein?

A loja, localizada na Vila Madalena, em São Paulo, adotou um conceito que até então só era difundido nos Estados Unidos: a troca. A "Buffalo Exchange" foi a responsável por dar essa deliciosa ideia às sócias e amigas Carla Lamarca, Samantha Barbieri e Daniela Klaiman que, encantadas, decidiram "abrasileirar" o conceito. "Pesquisamos o mercado e não encontramos nada parecido no Brasil. O desafio inicial é mostrar para os consumidores que não somos um brechó, somos uma fast fashion ainda mais barata. A experiência que queremos oferecer é de como se você estivesse trocando de armário com um amigo que tem um estilo invejável", explica Carla, apresentadora do programa FTV MAG, do canal pago Fashion TV.

Se você está enjoada de alguma blusinha ou jeans, ou mesmo quer peças novas e descoladas, lá é o lugar. O objetivo mesmo é estimular o consumo consciente, fazendo com que as roupas ganhem um tempo de vida útil maior. Assim, a compradora tem a chance de renovar o armário sem jogar nada que ainda possa ser utilizado fora ou gastar horrores em novas peças. "Estamos em um momento de crise econômica, ambiental e social. Acreditamos em uma nova forma de consumo mais consciente: pagar menos, estar sempre na moda e evitar o desperdício, aumentando a vida útil de cada peça", enfatiza a publicitária e empresária Samantha Barbieri.

[galeria]

E quanto às trocas? Como funcionam? Você leva a sua peça, que passa por uma avaliação para saber se pode ser comercializada e, depois, você pode receber 30% do valor estimado, se preferir a parte em dinheiro ou, ainda, 50% em créditos para fazer compras na própria loja. Bem legal, né? E o cuidado com as roupas é impecável. "Fazemos uma seleção rigorosa do que será comercializado e oferecemos peças diferenciadas em excelente estado e higienizadas. Queremos mudar os hábitos de consumo e fazer com que as pessoas percebam que é possível se vestir bem com peças de coleções recentes, que não foram muito usadas por seus primeiros donos", conta a publicitária Daniela Klaiman.

Se as suas roupas não passarem pelo critério de seleção, existem duas opções: levar de volta para casa ou deixá-las para a doação. Sim, você leu bem. Além de todos esses benefícios que o espaço traz, ele ainda ajuda a quem precisa. Cada mês, uma instituição diferente e é escolhida e as roupas não comercializadas, doadas.


O preço das peças varia, desde cintos por R$ 10,90 até calças de grife como Diesel, por R$ 145,00. É mole? Vale dar uma conferida. E, caso você não tenha algo para trocar, não tem problema. A loja funciona como outra qualquer. Você aparece e compra à vontade. É o tal do bom, bonito e barato que a gente sempre procura e nunca acha! A SuperCool Market fica na Rua Purpurina, 219, no bairro Vila Madalena, em São Paulo.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente