Stylesight - Tendências outono inverno

Na manhã de ontem, 10 de junho, uma quinta-feira fria, o Stylesight, em parceria com a Elle, trouxe sua diretora de Nova York, Andrea Pratt, para dar uma rápida palestra sobre as principais tendências que nortearão a moda do próximo outono/inverno.

Em uma época em que tudo é completamente tecnológico, em que os Iphones e Ipads são quase uma extensão do homem, a natureza e o trabalho artesanal se mostram cada vez mais importantes. É disso que estaremos tratando no ano que vem: do contraste do industrial e tecnológico com o natural e primitivo.

O provedor de informações de moda e lifestyle divide os rumos da estação em quatro principais temas:

- Evolução: O clima relembra o filme Mad Max. Uma vibe futurista de viagens à galaxias distantes e mundos ocultos do misticismo, uma conexão do futuro com o que é primitivo, puro e simples. Portanto, os temas étcnicos, os efentes e armaduras medievais e as cores terrosas com o o laranja e o rosa empoeirado que refletem o solo multi-colorido da nova terra ganham importância.

- Rave: Remete ao espírito energético inspirado pelo movimento da dança e das festas que costumam durar dias inteiros. Cores dinâmicas, vibrantes, saturadas e as linhas simples que reforçam formas geométricas. Os brilhos elétricos da cartela de cores são estabilizados por cinzas neutros como o concreto, que dá a qualidade industrial deste tema. Além disso,

também entra em foco o monocromático colorido, ou seja, cores fortes dos pés à cabeça: vermelhão, amarelão, etc.

- Composição: Inspirado em meados do século, é o rumo mais romântico que a moda pode tomar. São encontradas pinceladas abstratas nos detalhes e nos acessórios, que reforçam a importância do manual em um tempo tão tecnológico. A nouvele vague e o estilo chique simples de Audrey Hepburn também são ressaltados. A idéia de peças que durem por diversas estações e que possam ser combinadas de várias maneiras pedem cores neutras, acinzentadas e bege. Mas não pense que isso tudo é monótono. Mesmo o bege vem com texturas. O toque artesanal dos tricôs e de detalhes como tranças são ressaltados.


- Hyperreal: É a visão ampliada da natureza através de cores. O mundo fantástico mostrado em Avatar é uma boa referência desta proposta. É o lado fantasioso da moda. A pele dos animais, mesmo dos que ficam no lado mais obscuro da natureza, como as mariposas, inspiram o desenvolvimento de novas texturas que destacam esse luxo inato. O tema pede cores

semi-brilhantes e densas, ampliando o senso de realidade. Tons de pedras preciosas, como o esmeralda, e tons de magenta e amarelo são combinados com violeta e orquídea, dando uma noção de fantasia.

Érica Minchin trabalha com pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos em moda e ministra cursos e palestras sobre imagem e tendências. Ela ensina que aparência é a ferramenta de comunicação não-verbal mais poderosa e estimula explorar as melhores maneiras de fazer uso dela. Contato: contato@ericaminchin.com

Comente