Street chic - Inverno 2010 de Maria Garcia

Street chic  Inverno 2010 de Maria Garcia

Arquivo MBPress

Do som do Cake, a banda indie e bem-humorada dos anos 90, a grife Maria Garcia, pelo olhar de Clô Orozco, criou uma personagem para inspirar essa coleção. O nome fictício dado à essa mulher intensa que combina sofisticação e despretensão foi "Daria".

A historinha inventada por trás das roupas é de alguém que gosta de usar "short skirt and a long jacket" e que num domingo chuvoso de 93 "deu um pé" no namorado e saiu pela rua com suéter vermelho dele. Pra compor esse personagem cheio de personalidade, Ricardo Rodrigues, do Studio W, preparou cabelos em coques altos, de fios eriçados, retratos de "bad hair day" de quem não está nem aí.

Tudo isso pra ancorar inspirações para a mistura de grandes casacos, grandes bermudas e macacões (que parecem do namorado), repletos de capuzes e bolsos. Alguns looks de destaque: Jardineira de georgette de seda, vestido de tricô de trama grossa, pelerine de moleton, blazer oversized de lã, maxi cachecol, colete masculino adamascado com lurex, jaqueta de nylon bordada e bermuda de pele fake. A amplidão de algumas peças contrapôs com minissaias, minivestidos e minibermudas de renda. Aliás, a renda apareceu também nas jaquetas, punhos e nas calças.

[galeria]


Embora o street seja o mote, a cartela de cores passou longe do típico e exibiu prata, rosê, dourado, fúcsia e vermelho. Nos pés, sapatos de salto metalizados e botas de verniz.

Por Karina Conde

Comente