Sobreposição - dicas para usar nesse inverno

Sobreposição para usar no inverno

Opção 4 sugerida pela estilista - Foto/Divulgação Hype

Colocar shortinho por cima de meia-calça e blusa de manga comprida sob o vestido não são novidades, mas nos dias frios prometem dar um toque para lá de especial ao traje. A sobreposição é aposta para este inverno e depende de estilo e criatividade para não ficar over. "Além de elaborar looks diferenciados, a sobreposição é, acima de tudo, uma necessidade já incorporada aos dias mais frios para se aquecer", conta Patrícia Nerbass, consultora de imagem.

As sobreposições podem ser feitas tanto com tonalidades próximas, quanto com cores completamente diferentes. O que irá direcionar a escolha é a ocasião em que a produção será usada. "Quando a necessidade for de um look casual, a mistura de cores é perfeita e irá deixar o visual mais alegre. Já para momentos mais formais a indicação são as peças em tonalidades próximas, como, por exemplo, em diferentes tonalidades de azul, que irão deixar a produção mais sóbria e elegante", sugere Patrícia.

A consultora afirma que todos os biotipos podem fazer uso desta tendência, mas faz ressalvas: "Para quem está acima do peso, as melhores opções são as peças mais leves, que acrescentam menos volume e preferencialmente em tonalidades escuras". As roupas são uma extensão do nosso corpo, portanto, é preciso ficar sempre atento para usá-las em benefício próprio. "É possível sim acrescentar volume onde não tem ou vice-versa, e disfarçar características desfavoráveis, moldando a aparência do próprio corpo", diz.

Patrícia afirma que peças idênticas, mesmo que em cores diferentes, não ficam bem quando sobrepostas, uma vez que o caimento de uma será sobre a outra, acrescentando um volume desnecessário em certas regiões. "Um exemplo de sobreposição inadequada é o de dois casacos com o mesmo tipo de gola, pois elas criarão um volume extra, deixando a aparência pesada na parte superior", diz. "Outro erro de sobreposição é usar dois modelos de casacos com zíper ou botões. Isso deixa o look muito carregado visualmente", acrescenta.

"O ideal é a sobreposição de peças com características diferentes e que ‘se encaixam’ em regiões diferentes do traje, sem acrescentar volume em excesso em uma única região", explica. "Assim, as peças sobrepostas irão aparecer, contribuindo para tornar o visual mais interessante".

Para fazer boas sobreposições, os itens que costumam ficar muito bem, na opinião da consultora de estilo são coletes, camisas, cardigans com decote ‘v’, regatas e camisetas longas, blazers e vestidos.

Além de indicar algumas peças que não podem faltar no guarda-roupa neste inverno, Patrícia deu sugestões de como fazer boas sobreposições com elas. Confira:


Opção 1: cardigan sobre vestido com alças largas usado sobre camisa com as mangas dobradas.

Opção 2: cardigan com decote "v" usado sobre camisa com shorts.

Opção 3: colete usado sobre camiseta comprida com saia.

Opção 4: vestido em decote canoa (de ombro à ombro), usado sobre outro modelo de vestido com alças largas.

A consultora finaliza ratificando que a sobreposição é uma forma de expressar um estilo pessoal. E para isso acontecer, é preciso selecionar peças com as quais haja identificação e que favorecem o biotipo. "O que vale é sentir-se bem, bonita e confiante!"

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente