Separe as franjas de inverno para o verão 2013

Separe as franjas para o verão 2013

Desfile 2nd Floor Foto/Reprodução FFW

O Fashion Rio veio - e se foi - iniciando mais essa temporada de moda. Nas passarelas, muitas velhas conhecidas. Mas nem por isso, imagens menos interessantes. Talvez até pelo tema da sustentabilidade seguimos vendo um olhar novo sobre o que já existia.

Quanto às formas, a democracia continua imperando: comprimentos e shapes para todos os gostos, estilos e tipos físicos. As transformações vêm mais nas cartelas de cores e estampas e no jeito de misturá-las.

A saber: na estação que está por vir, as cores vibrantes e saturadíssimas descansam um pouco e entram as chamadas "candy colors" (cores doces e mais suaves) - seja para looks totais, como uma evolução do "color blocking" ou apenas para pontuar looks mais neutros.

Separe as franjas para o verão 2013Separe as franj

Desfile Ágatha Foto/Reprodução FFW

Apesar de ser uma cor mais apropriada para o inverno, o preto também aparece bastante, muitas vezes refrescado pelo branco - combinação clássica, mas que não é a mais recomendada para quem tem baixo contraste entre pele e cabelos ou para quem tem pele quente (estas últimas podem se beneficiar das inúmeras versões de laranja que foram propostas em todos os desfiles e também do dourado, que segue absoluto).

De outras temporadas, as misturas de estampas seguem cada vez menos tímidas e mais "obrigatórias" - o diferencial, se é que podemos chamar assim, é misturar estampas que possuam exatamente as mesmas cores e não mais apenas uma ou outra cor em comum, criando tanto o contraste entre positivo e negativo, quanto o de uma imagem contínua.

As estampas, aliás, seguem se deslocando para as partes de baixo do look. A calça estampada - especialmente com estampa floral - muito vista nos sites de street style estrangeiros também foi outra que se repetiu até os olhares começarem a se acostumar.

Separe as franjas para o verão 2013Separe as franj

Desfile Ausländer e 2nd Floor Foto/Reprodução FFW

Apesar de perigosa para as "típicas brasileiras" (cujo volume maior do corpo está bem na região das pernas e do quadril), pode render coordenações atuais e interessantes. Mas quem prefere uma escolha mais segura, que não amplie tanto a região, pode investir nas minissaias estampadas, ao invés das calças - de preferência, com fundo escuro e desenho mais abstrato.

O paetê finalmente foi substituído - ao menos nas passarelas cariocas. Em seu lugar, entram os bordados com micropérolas, como os da Coven, e outras opções metalizadas. Mas não se desespere! Provavelmente o material continuará campeão de vendas nas lojas, mas mais como um clássico do que como uma proposta de moda.

As franjas apareceram mais tímidas em algumas coleções, enquanto em outras foram contempladas ao longo de quase todo o desfile (caso da 2nd floor). Portanto, quem for da turma que frequenta as (antecipadas) liquidações de inverno em busca de achados que renderão frutos por algumas estações, pode aproveitar que a proposta só tende a crescer.

As apaixonadas pelos jeans podem aproveitar a profusão de vestidinhos no material. Além de ser um ótimo investimento para quem gosta, mas cansou da uniformização das calças jeans, vêm com indícios de que continuarão por, pelo menos, mais uma temporada além do verão 2013 (Karl Lagerfeld, por exemplo, abusou da idéia na coleção Resort 2013 da Chanel). Se você se identifica, não deixe de ver os modelos sofisticados da Herchcovitch.

Separe as franjas para o verão 2013Separe as franj

Desfile TNG Foto/Reprodução FFW


Das propostas que funcionariam melhor no inverno, mas foram adaptadas para o verão para agradar as fashionistas que acompanham as passarelas estrangeiras e por isso sentem vontade de usar no verão o que se usaria apenas em temperaturas mais frias, estão as sobreposições e o couro. Ao invés de sair por aí com milhares de camadas avulsas (casacos, coletes e blusas), as marcas que abusaram do artifício para deixar o resultado mais interessante: as inseriram diretamente nas construções das peças, deixando o resultado mais leve - como em algumas das saias da Espaço Fashion. Já o couro, além de mais fino e perfurado, não abafa tanto quando em saias e shorts.

Érica Minchin trabalha com pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos em moda e ministra cursos e palestras sobre imagem e tendências. Ela ensina que aparência é a ferramenta de comunicação não-verbal mais poderosa e estimula explorar as melhores maneiras de fazer uso dela. Contato: contato@ericaminchin.com

Comente