Sapatos do NYFW

Sapatos do NYFW

Desfile Tommy Hilfigher/Foto: Reprodução nymag.com

A semana de moda de Nova Iorque mal acabou, mas em breve começaremos a ver releituras dos looks desfilados pelas ruas do mundo todo, inclusive no Brasil.

E se teve uma peça que brilhou foram os sapatos. Alguns até literalmente, visto que os metalizados (especialmente prateado e dourado) foram dos maiores hypes da temporada.

As plataformas e anabelas, em materiais variados que incluem a corda e a madeira (tão amadas pelas brasileiras), são uma ótima opção para quem tem o biótipo mais pesado, além de super confortáveis. O maior cuidado para quem for adotar a tendência, no entanto, é prestar atenção na proporção do salto com o próprio corpo. Se você for do tipo magrinha e/ou baixinha, prefira os modelos mais afinados e delicados, de altura média.

Marcas como Cynthia Rolwey e Tommy Hilfigher também trouxeram apostas bem coloridas (inclusive estampadas) que, aliás, têm tudo a ver com o nosso país! Seja para usar com neutros, com brancos e acinzentados, ou montar um color blocking - tendência que continua no próximo ano, porém em versões mais suaves - são uma ótima aposta para alegrar qualquer look!

No caso dos sapatos coloridos lisos, uma opção muito vista foi usá-lo com calças na mesma cor vibrante - truque que ajuda a alongar as pernas.

Falando em sapatos mais pesados, as sandálias abotinadas continuam com tudo, especialmente as versões vazadas em tons caramelados e alaranjados, além dos já clássicos preto e branco (muitas vezes juntos!).

Muitas tiras também apareceram - principalmente nas gladiadoras, que retornam repaginadas. Para amenizar o efeito "achatador e alargador" que as faixas nos tornozelos e nos peitos dos pés criam, escolha versões em cores próximas à sua pele.

Phillip Lim resgatou as sandálias transparentes desfiladas pela Prada há algumas estações. Apesar deste ter sido um modelo de calçado que fez sucesso no começo da década passada, cuidado ao usar. Pois, assim como as famigeradas alças de silicone, o material escurece com facilidade dando um efeito nada higiênico para a produção.

A gáspea (parte superior e dianteira do calçado) veio mais alta em vários dos sapatos - outra proposta que é mais bacana para quem tem as pernas fininhas. Mas não se preocupe, ela é melhor do que os abotinados e sandálias com tiras, pois ainda expõe um pedaço do peito do pé. A melhor versão é a peep toe, pois por mostrar um pedaço dos dedos, dá continuidade à perna e alonga um pouco mais a região.


Os sapatos de bico fino com tiras verticais, que ligam a gáspea a tira do tornozelo, retornam com força total. Para que o retrô fique apenas como uma inspiração, já que o modelo remete a decadas há muito passadas, aposte em modelos mais bacaninhas, em materiais diferentes ou cores vibrantes.

Érica Minchin trabalha com pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos em moda e ministra cursos e palestras sobre imagem e tendências. Ela ensina que aparência é a ferramenta de comunicação não-verbal mais poderosa e estimula explorar as melhores maneiras de fazer uso dela. Contato: contato@ericaminchin.com

Comente