Sapato com GPS localiza idosos com demência

Quando o idoso se afasta mais de 50, 100 ou 500 metros de casa, uma notificação é enviada
GPS Dokodemo Shoes

Foto - Divulgação

Quem tem pais idosos sabe como algumas coisas simples, como sair sozinho pode deixar a família bem preocupada, ainda mais quando o idoso sofre de alguma doença, como o Alzheimer. Para tranquilizar muitas famílias e prover mais segurança, uma empresa japonesa criou um método eficaz para localizar idosos que podem se perder no não intuito de voltar para casa.


Trata-se do “GPS Dokodemo Shoes”, um calçado com GPS que mostra a localização do usuário em dispositivos como smartphones e computadores com um número de identificação e senha. As informações são da Folha de S. Paulo.

GPS Dokodemo Shoes

Foto - Divulgação

GPS Dokodemo Shoes

Foto - Divulgação

“Temos experiência na busca de doentes com demência perdidos, e sabemos que este perfil de pessoas não utiliza telefones celulares e nem relógios, e sim sapatos. Por isso decidimos criar sapatos com sistema de localização GPS”, explicou um porta-voz da empresa.

Quando o idoso se afasta mais de 50, 100 ou 500 metros de casa, dependendo do número programado, uma notificação é enviado ao dispositivo móvel, que mostra a  posição do usuário em um mapa para que seja mais fácil iniciar a procura. 

Custando cerca de R$ 1.000, os aparelhos estão disponíveis apenas no Japão, país em que praticamente 25% da população supera os 65 anos.

“O mercado doméstico é muito importante para nós, no entanto, no futuro nos interessaria abrir em outros mercados nos quais a população envelhecerá rapidamente nos próximos anos”, disse a companhia.

A demência é uma síndrome que implica a deterioração da memória, do intelecto, do comportamento e da capacidade para realizar atividades da vida cotidiana. Cerca de 47,5 milhões de pessoas sofrem de demência no mundo, e a cada ano são registrados 7,7 milhões de novos casos, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Por Thamirys Teixeira

Comente