Ronaldo Fraga encerra edição com samba

Ronaldo Fraga encerra edição com samba na passarel

Foto: arquivo MBPress

Para encerrar mais uma edição da SPFW, o estilista Ronaldo Fraga levou a Bienal a velha guarda da Vila Isabel. Para celebrar, os convidados jogaram confeites nas modelos. Toda a coleção foi inspirada na obra do compositor Noel Rosa. A passarela foi construída em madeira e o cenário continha fotos em preto e branco do Pão de Açúcar.

Em referência aos anos 20 e ao malandro carioca, os modelos desfilaram usando chapéu de panamá, camisa branca e gravata. As moças também caminharam trajando calcinhas enormes, bem características do início do século passado.

Engana-se quem pensa que as peças tinham algo de nostálgico, muito pelo contrário. As modelos exibiram blusas e vestidos transparentes e plissados. Pierrôs e colombinas compunham as estampas.

A beleza ficou por conta, mais uma vez, de Marcos Costa. O expert elaborou o penteado "podrinho". Na maquiagem a referência também foi a os anos 20 e 30. Somente pele tratada, sem aplicação de blush ou máscara para cílios. O destaque ficou por conta das aplicações de cristais no rosto. Segundo o maquiador essa é a referência aos pierrôs apaixonados do início do século passado. Nos lábios, apenas um gloss perolado.

Bianca de Souza (MBPress)

Comente