Rio Moda Hype - a estreia dos talentos baianos

Rio Moda Hype

Estilista Vitorino Campos

Em São Paulo, a Casa de Criadores antecede o SPFW e revela novos talentos da moda paulista, já na capital carioca, o Rio Moda Hype dá início ao Fashion Rio e premia os novos estilistas de todo país.

Este ano, em sua 11ª edição, o evento acontece nesta sexta-feira, a partir das 17h, e terá, além dos desfiles, apresentações de bandas e coletivos de arte, com a proposta de realizar uma verdadeira convergência urbana.

Entre os 12 estilistas de todo o país, este ano o destaque são para os talentos da região Nordeste, principalmente os baianos Vitorino Campos e Ursula Felix. Na coleção do estreante no Rio Moda Hype, a inspiração foi à canção Hoppipolla, da banda islandesa Sigurs Ros, o expressionismo abstrato de Jackson Pollock, em que ele explora peças com mangas volumosas, cortes em viés, pregas em sobreposição, calças baggy e saias godê, nas cores bege, off-white, verde-claro e rosa nude. Vitorino vende suas peças em Salvador e Brasília e já foi apontado pela Vogue Brasil de janeiro como o nome capaz de levar a moda baiana ao resto do país

Úrsula Félix

Estilista Úrsula Félix

A conterrânea Ursula está na mesma condição de Vitorino. Também estreante, ela usou o desenvolvimento das espécies como tema para sua coleção. Para reproduzir as origens e a aerodinâmica dos besouros, e dar ideia de beleza e tranformação, a estilista apresentará peças com vários materiais, entre eles, zibeline francês, lycra, ecomalha, atoalhado, neoprene extrafino, sarja, látex dirigido e fibras de acetato.

Ursula já participou do Fashion Business, nos invernos de 2008 e 2009, integrou a equipe de criação do Cantão, no verão 2009. Suas peças podem ser encontradas em multimarcas de cinco estados: Salvador (BA), Recife (PE), Brasília (DF), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Estilistas Lorena Rosado e Renata Vieira

Estilistas Lorena Rosado e Renata Vieira, Lore.

O estado de Pernambuco também está bem representado. Lorena Rosado e Renata Vieira, da Lore, mostram na passarela que a feira livre com artigos da sorte (Recife), rende uma coleção bastante criativa. A dupla usou muita seda, linho e tricolines paletizados para lembrar o que é comercializado por lá. Nas peças justas ao corpo, que lembram as décadas de 80 e 90, muitas estampas coloridas e bordados, com padronagens inspiradas em talismãs e contrastes de tecidos finos e rústicos.

O estilo jovem da Jotadê, de Juliana Totti e Daniela Okamura, apresenta para o verão 2010 mulheres de personalidade forte, independentes e, ao mesmo tempo, com desejos e atitudes femininas. Já Martins Paulo, de Teresina, se inspirou no universo de Almodóvar: mulheres intensas, Espanha kitsch e pop e punk oitentista.

Croquis de Martins Paulo

Croquis de Martins Paulo, coleção inspirada no universo de Pedro Almodóvar

As peças tradicionais da região de La Mancha são mixadas a roupas ajustadas e de volumes concentrados, vindas do punk, que aparece na primeira fase da filmografia de Pedro, e também dos babados das saias do flamenco.

leia também


Fora das passarelas, as atrizes baianas Natália Garcez e Maria Rosa Espinheira participam da programação cultural com a banda performática Drama Queen. A dupla, acompanhada de músicos paulistanos, sobe ao palco depois dos desfiles com figurino de rendas, pérolas e brilhos.

Por Juliana Lopes

Comente